Life&Style

Voltando à rotina após as festas de fim de ano

Moderação é a palavra chave para o ano novo

Dezembro chegou e traz doces e calóricas lembranças com as ceias tradicionais de Natal e réveillon, férias coletivas, e, consequentemente, diminuição de atividades e exercícios físicos – tudo o que colabora para o ganho de peso. Exagerar nas comilanças faz parte desta época do ano, que também é carregada de passeios e entretenimentos mil. Mas é possível voltar ao ritmo certo e até mesmo perder os quilinhos extras com uma alimentação balanceada e o retorno aos exercícios físicos.

Rogério Franze, coordenador da Academia Ecofit Club, salienta que é importante retomar as atividades, porém nada de dietas milagrosas e treinos pesados. Quem costuma agir assim acaba prejudicando o corpo e perdendo nutrientes essenciais para o bom funcionamento do organismo. É preciso reorganizar o dia a dia. “Jamais devemos praticar alguma função em jejum, sendo que sempre é recomendável comer algo leve antes, como uma fruta ou carboidrato. Para iniciar a primeira semana pós-fim de ano, é necessário ir mais devagar, com exercícios mais leves e ir aumentando gradativamente”, aconselha.

Aliás, o segredo mesmo é não exagerar. Comer e beber moderadamente no Natal e réveillon é o primeiro passo e, depois, não adianta querer acordar cedinho e começar a malhar. Permita que o corpo descanse, durma mais e bem, e se for o caso, caminhe com algum amigo ou familiar por uma hora e aproveite para conversar. Assim o corpo fica relaxado e mais disposto a voltar à rotina. Mas, e para quem leva uma vida sedentária e fez a promessa de mudar de vida em 2016? É a hora de cumpri-la.

“O primeiro passo é procurar orientação médica, fazer todos os exames e depois avaliar com um educador físico quais deverão ser os primeiros passos e montar o cronograma, definindo a carga e a intensidade das atividades. Caminhadas leves e alongamentos são atividades livres, que cada pessoa pode começar a fazer sem problemas”, afirma Franze.

Mas exercícios físicos demais também não fazem bem ao corpo, pois além de prejudicar o desempenho e correr o risco de fraturas ou lesões musculares, também influenciam no humor, causando desequilíbrio psicológico. Ou seja, além de não exagerar nas comidas, também não é bom se exercitar excessivamente e exaustivamente. Com moderação, comece o ano com saúde, disposição e bom humor!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *