Dicas & Destinos

Viaje nos trilhos de costa a costa no Canadá

As faixas gêmeas de aço que se estendem por milhares de quilômetros no Canadá tem muito o que contar sobre os viajantes que fizeram história nesta jornada – policiais e militares, nobres e estivadores, pioneiros e poetas. Há mais de um século, estes trilhos uniram uma nação que engatinhava ligando os fios de uma paisagem tão variada quanto os povos que nela se radicaram. Até hoje se trata de uma jornada épica que segue o Rio São Lourenço até as florações de granito do Canadian shield, cruza as grandes planícies e pinheiros abetos nas montanhas rochosas e emerge das florestas de Cedro da Costa oeste até o Oceano Pacífico.

Viaje nos trilhos de costa a costa

Viaje nos trilhos de costa a costa e imagine velhas histórias no balanço ritmado do trem.

Armadilhas para lagostas se empilham em ancoradouros no leste, o trem desacelera para parar nos grandes lagos e deixar um grupo de canoeiros partir, as plantações de grãos aguardam nos campos e de repente se vêem rochosas de relance. Entre os Picos dentados e as montanhas desafiadoras, as histórias atingem o clímax. Elas falam de exploradores que acharam as primeiras rotas através de traiçoeiras passagens nas montanhas, dos engenheiros que mapearam a linha férrea, de milhares de trabalhadores que implantaram os trilhos, às vezes perdendo a própria vida, pontes temerárias e longos túneis na rocha impiedosa. Depois das montanhas, as histórias abordam o interior semiárido da Columbia Britânica, onde depósitos de ferro e cobre tingem os rochedos de tons ferruginosos ou verde-azulados, e por fim elas se dissolvem na névoa no Porto de Vancouver de onde partem navios e hidroaviões.

Muitos viajantes optam por um trecho pequeno da travessia do Canadá, concentrando-se, por exemplo, na costa leste ou perfazendo um grande círculo nas rochosas. Já os intrépidos cruzam o país inteiro de trem entre Halifax e Vancouver. Sendo assim, relaxe em sua poltrona e deixe as cenas se revelarem diante de sua janela. A jornada será inesquecível.

Plano de viagem

O trem pode levar, da costa leste a costa oeste do Canadá, uma viagem de 5 dias, mas este país vasto e diversificado merece mais tempo – para ver as artes de Toronto, as imponentes montanhas rochosas ou as praias com ondas nas costas do Atlântico e do Pacífico.

Duas semanas de trem

Primeiro dia

Chegue de avião em Halifax na véspera da partida do trem e visite cais histórico do porto, a costa rochosa e o farol de Peggy’s Cove, uma aldeia pesqueira nas proximidades

Segundo a quarto dia

Pernoite a bordo do Ocean, da Via Rail, entre Halifax e Montreal viajando pelo litoral Atlântico do Canadá até o Rio São Lourenço. Passe uma noite em Montreal para conhecer as boutiques e bistrôs dessa cidade cosmopolita de língua francesa.

Quinto e sexto dia

Pegue o trem para Toronto. Ande na beira-mar, vá aos museus ou a áreas dos teatros para ver shows da Broadway. Embarque no Canadian, da Via Rail, para ir ao Norte do lago superior, uma paisagem conhecida como Canadian Shield.

Sétimo ao nono dia

O Canadian passa por planícies através de Manitoba e Saskatchewan, no rumo de Alberta, revelando as geladas montanhas rochosas. Saia sozinho ou em excursão entre Jasper e Banff, no Icefields Parkway, passando por geleiras e parques nacionais. Ou pegue outro trem para Calgary, onde você pode tomar o luxuoso Royal Canadian Pacific para a estação de Banff nas montanhas rochosas.

Dias 10 a 12

Em Banff, embarque no Rocky Mountaineer para a viagem de 2 dias nos trilhos pelas rochosas até o interior desértico da Columbia Britânica e Vancouver.

Dias 13 a 14

Nos últimos dias em Vancouver, visite o Vanduesel botanical garden, Gastown e Chinatown

Dicas 

  • Aproveite o clima cordial a bordo para conversar com outros passageiros. Isso é parte da diversão
  • Fique atento aos animais muitas vezes cervos e alces aparece nos campos e ursos podem ser vistos nas rochosas
  • Não subestime as distâncias no Canadá: 6300 km de trilhos ferroviários ligam Halifax, na Nova Escócia, a Vancouver, na Colúmbia Britânica.

Como chegar

Halifax é uma pequena cidade na costa leste do Canadá e seu aeroporto internacional fica a 22 km do centro. Há também voos internacionais para as cidades maiores como Vancouver, Toronto, Montreal e Edmonton.

Como circular

É possível viajar de trem pelo Canadá no sentido leste e oeste partindo de Halifax ou Vancouver, e entre outras cidades.

Clima

Também em outubro Vancouver tem média de 18 graus celsius e Toronto, de 20 graus Celsius, durante o dia.

Alimentação

Os trens servem refeições cujos ingredientes incluem salmão, carne e vinhos locais.

1 Comentário

  1. Pingback: Embarque na Viagem

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *