Gastronomia etc.

Mini roteiro gastronômico no Rio de Janeiro – parte 01

Na semana passada, no meu programa na rádio JBFM, eu destaquei alguns lugares muito gostosos que merecem ser visitados pelos amantes da boa mesa aqui no Rio de Janeiro. Se você perdeu as dicas, fique tranquilo, eu vou publicar todos estes roteiros por aqui, pra te dar uma ajuda a selecionar seus favoritos. Lá no finalzinho deste mini roteiro gastronômico do Rio de Janeiro, deixo também o podcast, caso você prefira pegar as dicas ouvindo no aconchego do seu sofá.

Fique atento já que pretendo destacar uma semana a cada mês para deixar essas dicas deliciosas para você lá no Embarque na Viagem, de segunda a sexta, às 20:55, na Rádio JBFM.

Amélie Creperie

Se você ama um bistrozinho, o Amélie Creperie, um restaurante todo charmosinho, com decór baseada nos clássicos bistrôs franceses é a dica do dia. O foco do cardápio são as galettes, os famosos crepes finos feitos à base de trigo sarraceno super bem recheados. Mas se você não estiver na vibe das galettes eu já recomendo que você comece pela Trilogia degustação com Queijo Canastra chamuscado, lascas de linguiça artesanal e balls de queijo de cabra com nozes sob geleia de morangos, ou, pelo La Concorde com Cogumelos e cebolas roxas ao forno com creme de queijo da Canastra e parmesão chamuscado.

roteiro gastronômico no Rio de Janeiro

Já nos principais, a dica é o Chablis, um suculento salmão grelhado ao molho de mel e tangerina com mousseline de banana da terra (DOS DEUSES!!), e arroz de amêndoas daqueles de revirar os olhinhos.

E na hora da sobremesa não deixe de fora o Notre Dame, um crepe de doce de leite com banana flambada, caramelo com flor de sal e sorvete de canela sensacional.

Tribas Pizza Saudável

Em um espaço super acolhedor no Ipanema Harbor, a Tribas Pizzas me surpreendeu muito ao me apresentar que sim, é possível encontrar uma pizza saudável e muito saborosa. 

O amor já começou pela massa super leve e fina, sem a menor chance de causar aquele “estufamento” super incômodo, isso só é possível porque eles são responsáveis por boa parte da produção de seus ingredientes, desde os temperos e queijos, até os molhos, que são exclusivos da casa.

roteiro gastronômico no Rio de Janeiro

Entre opções muito interessantes no cardápio, o destaque fica para a pizza que é o “carro-chefe” da Tribas. A “Três Marias”, composta por muçarela, cogumelos defumados, gorgonzola, Gersol, orégano e uma  geleia de pimenta daquelas que se tivesse disponível para venda, teria comprado na hora pra trazer pra casa.

Como eu disse, a especialidade da casa é produzir pizzas saudáveis e reforço que o sabor surpreende muito. No cardápio você também vai encontrar pizza sem glúten e pizzas doces para sobremesa, e claro que eu recomendo a Charge, com recheio caprichado no doce de leite, chocolate e amendoim.

Xodózin

Eu não sei você, mas eu tenho duas paixões: comida mineira e praia. Aí, se juntar os dois, num programa só, fica o paraíso! É justamente sobre esse paraíso que vou falar agora. Na orla de Copacabana fica um dos quiosques mais gostosos da orla do Rio, o Xodózin Copacabana. Como não incluir essa dica neste mini roteiro gastronômico do Rio de Janeiro?

Com um cardápio muito caprichado na cozinha mineira, o desafio é escolher apenas algumas opções.  E eu já começo pelos drinques. Se você adora bebericar alguma coisa junto ao tira-gosto, o Dona Beija é uma boa pedida.

E para iniciar os trabalhos, a dica aqui é se agarrar na Pipoca Mineira, uma maravilhosa porção de torresmo pururucado com geleia de cebola roxa, e o Rabu di Boi, um croquete de rabada com geleia de hortelã muito saboroso!

roteiro gastronômico no Rio de Janeiro

Já nos pratos principais, o Lasqueira, suculento Bife Chorizo servido com o autêntico feijão tropeiro, aipim frito e molhinho Chimi Churri, hummmm!! Mas, se você prefere um camarãozinho,  a dica é o Cinderela de Camarão, com Catupiry servido na moranguinha, com arroz de nozes e farofa crocante de ervas.

E pra fechar, um pudinzinho de leite, super tradicional, dá aquele equilíbrio perfeito. Vai por mim, corre pra conhecer o Xodózin Copacabana.

Frédéric Epicerie

Em uma tranquila rua do Leme, um discreto e pequenino restaurante se debruça sobre a calçada como uma boa opção para quem está em busca de pratos delicados e saborosos. Na hora do almoço ou jantar, vale o esquema simples de bistrô. Você pode pedir individualmente a entrada, prato principal e sobremesa ou optar pelas opções escolhidas  pelo chef Fred de Maeyer.

Quando estive na Frédéric Epicerie para almoçar, optei pelo menu do chef com os Ovos Mimosa e Salmão Marinado como entrada, uma suculenta fraldinha com mil folhas de batata no principal, e na sobremesa um cremoso cheesecake. Todos os pratos vieram muito saborosos, mas eu devo confessar que os Ovos Mimosa da entrada me deixaram com vontade de repetir.

Se você optar por tomar café da manhã na Frédéric Epicerie, os pães artesanais, à base de fermentação natural, que saem de fornadas quentinhas são imperdíveis. Quem quiser fazer imersão total na cultura do chef, pode optar entre o croque monsieur ou croque madame, ou então, se deliciar com um waffle com manteiga e geléia ou com chantilly e morangos.  Seja qual for a sua pedida, tenho certeza que você vai adorar.

Restaurante Páreo

O Jockey Club do Rio já é um lugar muito conhecido pelo carioca, por oferecer boas opções de restaurantes para os mais variados gostos. Recentemente estive por lá conhecendo o Restaurante Páreo, com cardápio assinado pelo chef baiano Marcones Deus.

Os pratos que provei nesta visita são inspirados na culinária brasileira. Um dos diferenciais do chef é o cuidado com os insumos de qualidade,  vindos de várias regiões do país. A dica perfeita para finalizar este mini roteiro gastronômico do Rio de Janeiro.

Começamos com os pastéis de queijo curado com cebola dourada e os bolinhos de bacalhau com tapenade de azeitonas pretas. Passamos por um levíssimo ceviche de atum e seguimos nos principais. As escolhas foram polvo, lula e camarão na brasa com carbonara de pupunha e mignon do sol com queijo coalho, croquete de macaxeira com catupiry em uma caminha de couve crocante, salada de feijão verde e farofa de manteiga de garrafa. 

Por fim, as sobremesas do Chef Marcones chegaram à minha mesa com delicadas lâminas de bananas caramelizadas sobre creme inglês, com sorvete de creme polvilhado com canela, e o cuscuz de tapioca com chips de coco e sorvete de tapioca. Sabores divinos que você precisa experimentar.

Não deixe de acompanhar no instagram @gastronomia.etc, o instagram de gastronomia do Embarque na Viagem.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *