Vacinação contra Covid-19 contempla turistas em países com imunização avançada

Alguns países estão oferecendo vacinas para turistas, e muitos brasileiros estão aproveitando esta oportunidade

imunização avançada

Muitos países já iniciaram a vacinação contra o Covid-19, inclusive o Brasil, mas a falta de doses está sendo um empecilho para garantir que todos sejam vacinados. A solução que muitos estão encontrando para conseguir a imunização antecipadamente é viajando para o exterior, mais especificamente para países que já estão mais avançados na vacinação e oferecendo doses para turistas.

A alternativa é arriscada e está sendo alvo de muitas críticas, principalmente por parte da população local. Mesmo os países mais avançados, que iniciaram as campanhas de vacinação em dezembro para profissionais de saúde e pessoas pertencentes ao grupo de risco, ainda não conseguiram vacinar 100% da população, e uma dose para um turista é uma dose a menos para um local. Sendo assim, o turismo da vacina vem enfrentando um grande dilema ético envolto a esse argumento.

Cuba foi o primeiro país a oferecer imunização para turistas, pois a estimativa é de que, até o fim de 2021, eles já disponham de mais de 100 milhões de doses da “Soberana 2”, sua variação da vacina. Entrando na terceira fase de testes em março, o país oferecerá vacinas para todos os seus habitantes e visitantes que estiverem por lá nesse período.

Com uma campanha mais discreta, a Rússia também está oferecendo doses para visitantes desde janeiro, quando iniciou a vacinação em massa no país. Basta procurar qualquer posto de saúde local e pedir para ser vacinado. Os Emirados Árabes Unidos também estão vacinando sem discriminação, apesar de alegar que todos precisam apresentar um documento de identidade local para serem vacinados. Mesmo com tal exigência, muitos turistas que foram a Dubai a passeio conseguiram ser vacinados.

Outros países como o Panamá e os Estados Unidos não trataram disso publicamente, mas também há relatos de vacinação em turistas. No caso dos EUA, as regras são mais restritivas, pois variam para cada estado, mas, no geral, apenas visitantes idosos, que tenham mais de 65 anos, estão sendo vacinados em estados como a Flórida e a Califórnia.

Se você já está pensando em adquirir passagens aéreas para algum destes lugares, fique atento às regras e restrições de cada um! Até mesmo nos países mais fáceis de conseguir a vacina, como a Rússia e os Emirados Árabes Unidos, é necessário apresentar alguns documentos. Por ser um tema que ainda gera controvérsia, também é importante ficar atento a possíveis mudanças que possam acontecer.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *