Os benefícios dos chás na sua vida

Mesmo originários de uma mesma espécie vegetal, os chás diferenciam-se pela época da colheita e pelo processamento a que são submetidos

chás

Considerado a segunda bebida mais popular do mundo, atrás apenas da água, o chá é bem antigo, oriundo de uma mesma planta, Camellia sinensis, originária da China e da Índia. É a partir de distintas épocas de colheita e dos diferentes processamentos dessa erva que se obtêm diversos tipos de chás, como o verde, o branco, o preto e o vermelho. 

Os chás são versáteis em sua composição e recomendados para diferentes objetivos, tais como: amenizar a insônia e o estresse, ajudar no controle de diabetes, aliviar dores estomacais originadas por gastrite e má digestão, além de diminuir a pressão arterial, esquentar o corpo em dias frios e auxiliar a dormir melhor.

As infusões dos chás, que podem ser preparadas com ervas, frutas, flores e especiarias, despertam diferentes sensações e são recomendadas para distintas situações. Por isso, se você ainda não incorporou chá quente ou gelado em sua rotina, confira outras razões pelas quais incluí-lo na sua próxima ida ao supermercado e fazer dele um verdadeiro ritual de autocuidado no seu cotidiano.

Antioxidante e diurético

Entre os benefícios trazidos pelos chás verde e branco, está a sua propriedade antioxidante, o que ajuda a retardar o envelhecimento das células. Enquanto o chá branco possui um sabor doce e frutado, o verde é mais herbal, marcado por vegetais. Ambos possuem baixo teor de teína, propriedade estimulante dos chás, sendo, assim, indicados para quem precisa reduzir a ansiedade.

Além disso, esses chás atuam nos rins, provocando um efeito diurético, definido como o aumento da eliminação de urina do organismo, o que ajuda a eliminar sódio da circulação sanguínea. Isso tem impactos positivos na saúde de pessoas com insuficiência cardíaca e renal, fora hipertensão.

Enquanto o chá branco é mais rico em polifenóis e catequinas, substâncias antioxidantes que garantem a saúde das células, e previne excesso de colesterol ruim (LDL), o verde fortalece o sistema imunológico, combate cáries, desintoxica, melhora o trânsito intestinal e protege contra raios ultravioleta, o que não dispensa o uso de protetor solar externo.

Digestivo e emagrecedor

Outro benefício marcante dos chás, especialmente do azul, é a sua propriedade digestiva. Também conhecido como “oolong”, esse chá costuma apresentar um sabor mais tostado ou de fruta madura, sendo muito utilizado na medicina ayurvédica, originária da Índia, como fitoterápico, capaz de auxiliar no tratamento de problemas de memória e picadas de insetos.

Rico em substâncias como flavonoides e antocianinas, com atividades antioxidantes, o chá azul é capaz de inibir a absorção de glicose na dieta, o que beneficia diretamente pessoas diabéticas, além de poder ajudar quem busca emagrecer. O chá vermelho é outro tipo que ajuda a acelerar o metabolismo e, assim, reduzir a massa corpórea.

Energizante e anticarcinogênico

Diferentemente do que o senso comum pode pensar, o chá não serve apenas para tranquilizar e ajudar a reduzir a ansiedade. Além de possuir mais cafeína, o chá preto é submetido a uma intensa fermentação, o que o torna um pouco mais pobre em nutrientes em comparação aos outros tipos da bebida. 

Obtido a partir do broto e das folhas mais velhas da Camellia sinensis, o chá preto é produzido pelo murchamento dessa erva, processo que pode durar entre 12 e 20 horas, seguido pela exposição de brotos e folhas ao oxigênio, etapa denominada oxidação. 

Esse chá é recomendado para ser consumido especialmente no café da manhã ou nos lanches da tarde por quem precisa manter-se em alerta e concluir atividades que requerem atenção ao longo do dia. Além disso, o chá preto apresenta propriedades anticarcinogênicas, o que ajuda a prevenir alguns tipos de câncer.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *