Dia Mundial das doenças raras

A data já passou, mas vale o registro que em todo último dia de fevereiro, se celebra o Dia Mundial das doenças raras em 70 países desde 2008. Seu principal objetivo é sensibilizar a população no geral em relação às dificuldades que os seus portadores enfrentam, sobretudo, para conseguir um tratamento com um medicamento importado

Nesse contexto, o Brasil apresenta 13 milhões de pessoas afetadas por essas doenças, sendo a maioria jovens, de acordo com a Organização Pan-americana de Saúde. 

Entenda o que são doenças raras e porque essa data é importante.

O que são?

De acordo com a OMS (Organização Mundial da Saúde), são classificadas como doenças raras aquelas que atingem 65 a cada 100.000 pessoas. Além disso, elas podem ser caracterizadas por serem crônicas, sem cura e, na maioria dos casos, degenerativas.

Em 80% das doenças a origem é hereditária, enquanto as demais são causados por infecções bacterianas, virais, alérgicas e fatores ambientais . Em relação aos sintomas, eles são variados, já que estamos tratando de um conjunto de doenças diversas.

Tratamento

No último ano, foram registrado 19 medicamentos para o tratamento de doenças raras. Essa lista de medicamentos possui a finalidade de amenizar sintomas e evitar que a doença evolua. No entanto, existe muita burocracia para a conquista deles. 

O principal obstáculo é o alto custo deles e a necessidade de serem medicamentos importados. O SUS disponibiliza alguns desses remédios de alto custo, mas para o paciente ter acesso ele deve recorrer à justiça para garantir seu tratamento.

Portanto, muitas pessoas concentram seus tratamentos em métodos holísticos com o auxílio de psicólogos e fisioterapia, por exemplo.

Medicamentos Importados

Quando o portador não consegue ter acesso à esses medicamentos, ele pode buscar por uma importadora de medicamentos. Muitas pessoas não sabem como importar, mas o processo é simples. 

Para a compra, é preciso enviar os documentos e a prescrição médica e entrar em contato com a assessoria de importação de medicamentos. A empresa cuidará de toda a parte logística da compra, desde do transporte até a entrega.

doenças raras

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *