Descubra Portugal

Algarve: As praias desertas para visitar neste verão

Os tempos mudam, mas certas tradições não. O Algarve continua sendo o destino de férias preferido da maioria dos portugueses, e como Portugal está na lista dos países preferidos pelos brasileiros, eles também estão a conhecer esta maravilhosa região portuguesa. Obviamente neste período pode ser difícil encontrar um espaço para estender a toalha nas areias. Mas na região sul do continente nem todas as praias estão repletas de turistas.

praias no Algarve que são um verdadeiro paraíso e muito pouco visitadas pelos viajantes. Sem ter que correr muitos quilômetros, você poderá encontrar areais desertos, rodeados de natureza e bem longe das zonas urbanas.

A maioria destas praias desertas não possui nenhuma infraestrutura e serviços de apoio, já fique avisado. O caminho de acesso costuma ser um pouco mais delicado, sem muita sinalização. E, se você for naturista, definitivamente vai adorar estes pequenos paraísos. Confira essa preciosidades que você precisa visitar no verão europeu.

Praia do Canavial, Lagos

A faixa de areia desta praia é estreita, isolada e muito tranquila. É cercada por falésias fantásticas que recortam este pequeno paraíso. A água é transparente e revela as formações rochosas submersas. O acesso à praia é feito através de trilhas que percorrem o topo das falésias.

Praia do Canal, Aljezur

Esta praia selvagem da Costa Vicentina é muito isolada e fica a sul da popular praia da Arrifana. As areias tem cerca de um quilômetro e meio e lá você vai encontrar uma vista deslumbrante para a Pedra da Agulha.

Praia do Barranco, Vila do Bispo

Este pequeno paraíso é rodeado por falésias que criam as condições perfeitas para a formação de uma baía neste local. É muito famosa entre mergulhadores já que é o habitat de uma grande diversidade de espécies marinhas.

Praia da Murração, Vila do Bispo

A Murração é uma praia rochosa e possui um areal extenso. Localiza-se num vale, cercada por falésias cobertas de vegetação. É a queridinha entre muitos naturistas, dada a sua tranquilidade e beleza indescritível. Aqui também os acessos são mais difíceis.

Praia de Cacela Velha

Também conhecida por praia da Fábrica situa-se na antiga Península de Cacela. É uma grande península com areia fina e branca com dunas cobertas de diversas espécies de plantas. Está integrada no Parque Natural da Ria Formosa e já foi eleita uma das melhores praias do mundo, pela revista Condé Nast Traveler.

Praia da Fuseta, Olhão

O areal com cerca de cinco quilômetros é ideal para quem gosta de longas caminhadas à beira mar. As águas são quentes e cristalinas. Em um passeio de barco você pode conhecer as salinas e as ruínas de Torre de Bias, Cumeada e Alfaxina. É uma das praias mais protegidas do Algarve e é destacada com bandeira azul.

Praia da Ilha Deserta, Barreta, Faro

Este é o território mais a sul de Portugal Continental e situa-se na Ria Formosa. A Barreta é popularmente conhecida como ilha Deserta e abriga várias espécies de aves protegidas. Neste pequeno paraíso – com bandeira azul – você pode realizar caminhadas ao longo do areal e usufruir de passeios de barco. Esta praia pode ser visitada todo o ano através de barco.

Praia da Carriagem, Aljezur

Situada no concelho de Aljezur e nas proximidades do Rogil, faz parte do Parque Natural do Sudoeste Alentejano. É uma praia pouco frequentada e ideal para os amantes de natureza. A Carriagem tem um areal pequeno e é muito procurada por pescadores. Quando a maré baixa é possível observar um anfiteatro natural de xisto.

Praia da Barrinha, Barra de São Luís, Faro

Faz parte da península do Ancão. É um local privilegiado onde você pode observar um ecossistema único e vários tipos de aves. Fazer uma visita de barco a esta praia ou fazer uma caminhada ao longo de um passadiço de madeira é uma ótima pedida.

Praia da Esteveira, Aljezur

Principalmente frequentada por pescadores e por viajantes mais aventureiros, é uma praia calma e isolada. Este pequeno paraíso é rodeado por falésias e formações rochosas. Não tem infraestruturas de apoio e vigilância.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *