Dicas & Destinos

Viagem internacional: dicas de como levar dinheiro para sua viagem

Conhecer taxas de câmbio e medidas de segurança são fatores essenciais para não perder dinheiro

dicas de como levar dinheiro
Dicas de como levar dinheiro para sua viagem internacional

Viajar para o exterior requer planejamento! Pesquisar hospedagens, pontos turísticos, restaurantes a visitar e passeios a fazer faz parte da experiência de viagem, e já dá um gostinho do que está por vir. Afinal, nada melhor do que ter a certeza de que tudo vai sair do jeito certo para a viagem se tornar inesquecível. E, se tem uma coisa que não pode ficar de fora, é o planejamento com o dinheiro. Seja para pagar mais barato em uma passagem ou hotel, ou para garantir que voltará com vários souvenirs, conheça algumas dicas que te ajudarão a não perder dinheiro.

Uma vez decidido seu destino, procure na internet pela experiência de outros viajantes. Há muitas dicas de como e onde gastar, fazendo com que você tenha uma base de quanto dinheiro precisará levar. Com a estimativa em mãos, fica mais fácil começar um planejamento. É importante saber que a moeda mais forte utilizada internacionalmente é o dólar, e que seu câmbio é variável, ou seja, seu preço oscila. Acompanhar a cotação da moeda ajudará a saber qual o momento certo de comprar.

Tendo isso em mente, compre a moeda aos poucos. Dessa forma, você conseguirá pegar os preços altos e baixos da moeda, obtendo um preço médio. Essa estratégia é chamada de Dollar Cost Averaging (DCA). Isso permitirá poupar comprando em baixa e não perder tanto caso precise comprar em alta. Caso seu destino seja a Europa, a mesma estratégia vale para o euro ou a libra, por exemplo.


Confira aqui as melhores opções de Seguro Viagem para você viajar em segurança pra todo canto do mundo!!


Dê preferência para trocar o dinheiro antes de viajar, caso vá para destinos que utilizem dólar ou euro como moeda corrente. Para países que utilizam uma moeda mais “fraca”, é bom comprá-la no destino mesmo, utilizando dólar ou euro. Assim, você poupará as taxas das casas de câmbio. É permitido por lei levar até R$ 10 mil na moeda do país de destino sem a necessidade de declaração para a Receita Federal. Evite ao máximo levar reais para o exterior, pois a cotação nunca é favorável, mesmo na América Latina. Na dúvida, leve dólar!

Levar dinheiro em espécie é interessante para as despesas corriqueiras durante a viagem, e, para as maiores, como hospedagem, é mais vantajoso usar cartão de crédito. Apesar da taxa de IOF mais alta, ele lhe trará mais segurança, e você poderá acumular milhas. No entanto, a taxa é cobrada a cada utilização, então use com cuidado. Há também a opção de cartão de débito internacional, que deve ser providenciado junto do seu banco. Ele funciona de forma bastante parecida com o de crédito, e leva em conta a cotação do dia da moeda.

Existe também a opção de remessa online. Com taxas mais atrativas que as dos bancos, é uma solução que consiste na transferência para uma conta internacional de sua titularidade, que, caso seja de pessoa física, leva até dois dias úteis para ser concluída. Ela é feita através de plataforma digital, que funciona como uma facilitadora entre as corretoras de câmbio e o cliente. É necessário apenas realizar a comprovação de documentação junto do Banco Central.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *