Dicas & Destinos

O que você precisa saber antes de arrumar as malas

Dúvidas sempre surgem na hora de planejar uma viagem e elas vão além da escolha do destino. Veja aqui algumas atitudes essenciais que vão melhorar a qualidade das suas férias!

antes de arrumar as malas

Se escolher o destino de viagem não é uma tarefa fácil quando se viaja sozinho, em família ou grupo fica ainda pior. Mas, essa não é a única questão que envolve dúvidas.

Seja um destino nacional ou não, para garantir uma viagem perfeita, que resulte em boas recordações e ofereça momentos de tranquilidade, é preciso considerar muitos pontos. Afinal, viajar é ter momentos incríveis e voltar renovado para a sua rotina.

Mas, como garantir uma viagem repleta de realizações e sem dor de cabeça? Listamos abaixo dicas que vão além do que levar na mala e como escolher o destino de viagem. Confira!

Como garantir as melhores recordações de viagem

Veja algumas dicas úteis para viajantes que vão desde o momento da decisão de viajar até o retorno.

1. Ignore o medo e incertezas

Ao programar uma viagem, especialmente em família, é comum surgirem muitos questionamentos. Acredite, mesmo que você tenha que cuidar de muitos detalhes, será capaz de fazer uma programação de viagem perfeita.

Considere começar com as datas (início e fim da viagem) para conciliar com a agenda de todos que viajam juntos. Após, encontre um destino que seja atraente a todos e veja o clima no período de viagem.

E para maior tranquilidade, deixe uma pessoa responsável em cuidar da sua casa, inclusive dos animais de estimação. Assim, ficará mais fácil planejar um bom roteiro, em que todos se divertem e sem preocupações.

2. Não existe o momento perfeito

Ao começar a sua programação de férias, a hora perfeita nunca vai chegar. Você vai perceber que, mesmo seguindo as dicas acima, sempre surgirá algum compromisso importante.

Seja o casamento de um familiar, contas a pagar, enfim, sempre tem algo que possa fazer você pensar mais de duas vezes se deve ou não viajar. O segredo é fazer uma boa programação de viagem e ‘botar o pé na estrada’.

3. Conheça os seus direitos

Não são poucos os casos de viajantes que encontram problemas no embarque. Veja alguns dos principais e saiba como resolvê-los, de acordo com o site especialista AirHelp, que tem a missão de promover e proteger os direitos dos passageiros!

  • Interrupção da viagem

Problemas no embarque ou desembarque são comuns de acontecerem, como por exemplo um voo cancelado que resulta em muitos aborrecimentos. Mesmo que as companhias aéreas tenham direito ao cancelamento de voo, ainda assim elas devem cumprir com várias obrigações. 

E para ajudar você a ir atrás de seus direitos, existem empresas especializadas, como a AirHelp que conta com uma equipe jurídica que verifica se o seu cancelamento de voo poderá ser indenizado.

É importante saber que esse tipo de problema, ou outros envolvendo viagens aéreas, pode ser indenizado no período de três anos. Se for o seu caso, a AirHelp pode ajudar. A equipe fará uma análise e informará se compensa ou não solicitar indenização.

  • Atraso de voo

De acordo com a Resolução Nº 400 da ANAC, a companhia aérea deve prestar assistência aos passageiros. É importante que o viajante seja comunicado sobre o motivo do inconveniente e receba assistência, conforme o tempo de espera.

  • Overbooking

Se o seu voo estiver lotado e seu embarque for recusado, saiba que poderá pedir indenização por overbooking. Você poderá solicitar o reembolso total da passagem ou ser reacomodado em outro voo, inclusive de outras companhias, além de poder remarcar, como aponta o site AirHelp, membro da APRA (Association of Passenger Rights Advocates, ou Associação dos Defensores dos Direitos dos Passageiros).

4. Evite transtornos com uma mala grande

Especialmente se for um destino de verão que você não precisa de excesso de roupas, evite levar mala grande. Lembre-se de que muitos itens você pode comprar no destino de viagem e outros os hotéis costumam oferecer.

Faça uma lista de viagem e considere que quanto mais espaço tiver na mala, mais coisas você vai querer carregar. A dica é levar roupas de cores básicas, que combinem entre si e fazer combinações com poucas peças.

Pode parecer uma dica básica, mas acredite que quanto menos/menor bagagem, mais facilidade você terá desde o momento de sair de casa até o seu retorno. E isso evita muitos aborrecimentos e estresse.

5. Fuja do roteiro e aproveite novas experiências

Ter um roteiro de viagem é muito importante, mas você vai gostar bastante de fugir um pouco dele, dependendo do destino. Então, fique atento para aproveitar novas experiências, indo além do que planejou para aquele dia.

Ao permitir mudar a rota você estará abrindo portas para novas oportunidades. Afinal, vai que uma atração nova seja inaugurada no período da sua viagem. 

O mais indicado é planejar uma parte do dia e deixar que as coisas aconteçam. Já pensou em visitar um museu e olhar mais adiante um atrativo que não faz parte do seu roteiro. Você não vai deixar de conhecê-lo por não estar no seu planejamento, vai?

6. Pesquise os pontos turísticos da região do destino

Ao definir um destino de férias não deixe de fazer uma breve pesquisa sobre tudo o que tem ao redor. Ou seja, verifique também o que a região oferece para ir além do destino principal.

Afinal, muitas vezes o destino de viagem está localizado em uma região com vários atrativos diferentes. Então, se você e sua família estiverem passando muitos dias por lá, vão gostar de visitar pontos turísticos que não estavam no roteiro.

7. Vá com tempo e faça paradas

Especialmente para quem viaja de carro, existem muitos atrativos turísticos pelo caminho, desde cidades a atrativos naturais. Então, considere sair com tempo para fazer paradas e conhecer pontos turísticos durante o trajeto.

Lembre-se de que viajar cansa e pode estressar tanto você quanto quem viaja junto. Portanto, para começar com o pé direito, considere fazer paradas para pernoitar em lugares estratégicos e ter novas experiências. 

8. Considere um gasto extra

É bastante comum os viajantes serem surpreendidos ao final da viagem com valores que não esperavam gastar. Seja por consumo no hotel ou outros, a conta final pode deixar as pessoas fora do orçamento.

Então, para evitar esse tipo de situação, sempre tenha uma ‘caixinha’ extra para o caso de sair do planejamento e não comprometer as suas finanças. Considere as informações na internet e aplicativos de viagem sobre ingressos, preços nos cardápios, serviços extras do hotel, entre outros. 

Assim, você poderá fazer um planejamento dentro do limite que pode gastar do primeiro ao último dia de viagem. Além disso, tenha um orçamento extra para o caso de incluir novas atividades ou um dia sem limites.

Afinal, você está de férias e vai querer curtir cada minuto no destino de viagem. Com um orçamento extra, você não terá surpresas negativas.

9. Conte com o seguro viagem e atente-se ao seu convênio médico

Se você possui um plano de saúde, verifique se ele oferece atendimento nacional e quais os hospitais e clínicas são credenciados no destino de viagem. Caso não atenda em determinada cidade, veja sobre a possibilidade de reembolso, caso precise utilizar os serviços.

Além disso, conte com o seguro viagem, já que a proteção oferecida pelas seguradoras vai além do atendimento médico. Afinal, por mais planejada que uma viagem seja, existem muitos problemas comuns em viagens, que podem trazer muita dor de cabeça. 

Então, preparado para ter uma viagem tranquila e que resulte em boas recordações? Use as nossas dicas!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *