Dicas & Destinos

15 lugares mais assombrados de New Orleans

Não é porque o Halloween deste ano será virtual que nós não podemos planejar e sonhar com a nossa próxima viagem no Halloween, certo?

15 lugares mais assombrados de New Orleans

New Orleans ou Nova Orleans, como você preferir, está repleta de lugares assustadores esperando ser explorados no French Quarter e arredores. Por que não pegar um drink e dar um passeio? Aqui estão 15 lugares mais assombrados de New Orleans.

1. Restaurante Muriel – Depois de perder esta casa em um jogo de pôquer, Pierre Antoine Lepardi Jourdan cometeu suicídio no andar de cima em 1814. Seu fantasma não parece humano, mas como um raio de luz brilhante.

2. Faulkner House Books – William Faulkner escreveu seu primeiro romance enquanto estava nesta casa na década de 1920. As pessoas juram que viram seu fantasma sentado na escrivaninha e dizem que você pode sentir o cheiro de seu cachimbo.

3. Catedral de St. Louis – acredita-se que a Catedral de St. Louis seja assombrada por Pere Dagobert, pastor da Catedral de St. Louis em meados do século XVIII. Após a missa, as pessoas viram o espírito de Dagobert caminhando com a cabeça baixa pelos corredores.

4. Pere Antoine’s Alley (Jackson Square) – Pere Antoine era um padre amado que trabalhava incansavelmente pelos pobres. Os visitantes do beco ao lado da Catedral de St. Louis dizem que você pode ver o fantasma de Pere Antoine nas primeiras horas da manhã, vestido de preto com capuz e sandálias. Ele também foi visto dentro da Catedral.

5. Le Petite Theatre du Vieux Carré – aqui você pode encontrar uma atriz dos anos 1930 chamada Caroline, que acidentalmente caiu do parapeito e morreu no pátio abaixo, vestida com um vestido de noiva branco para a peça naquela noite. Você também pode encontrar o capitão que assiste às peças de seu assento na varanda, esperando ver uma atriz por quem ele era apaixonado.

6. Local da Antiga Ópera Francesa – Diz-se que este local é assombrado por Marguerite, o fantasma de uma senhora idosa de Storyville. Rejeitada por seu jovem amante, ela cometeu suicídio há mais de 100 anos, depois de deixar um bilhete que dizia: “Voltarei e matarei aqueles que me machucaram!”

7. Old Absinthe House – Este bar de 200 anos é assombrado por clientes famosos que costumavam festejar lá. Você pode puxar um banquinho ao lado do General Andrew Jackson, da rainha do vodu Marie Laveau ou do pirata Jean Lafitte. Portas abrem e fecham sozinhas enquanto garrafas, copos e cadeiras são vistos se movendo pelo bar.

8. Restaurante Antoine’s – Diz-se que Antoine Alciator, o fundador deste famoso restaurante familiar, volta para verificar seus ancestrais. Outros espíritos em roupas do século 19 espiam dos espelhos nos banheiros.

9. Hotel Monteleone – diz a lenda, o 14º andar (na verdade, o 13º andar) do Hotel Monteleone é o lar de alguma atividade paranormal. Os hóspedes relataram ter ouvido os passos de Maurice Begere, a criança fantasma que assombra o hotel.

10. Napoleon House – O segundo andar deste edifício foi uma enfermaria durante a Guerra Civil. Conforme a noite se aproxima, um soldado de cinza pode ser visto na varanda.

11. Convento das Ursulinas – Nos anos 1700, a Diocese Católica enviava meninas dos conventos franceses para Nova Orleans para encontrar maridos. Elas carregavam seus pertences em baús em forma de caixão e ficaram conhecidas como “as meninas do caixão”. Alguns dizem que os caixões realmente continham vampiros do velho país. Como não incluir esse local nos 15 lugares mais assombrados de New Orleans?

12. Bourbon Orleans – O Bourbon Orleans foi o lar das famosas Quadroon Balls. Hoje, um fantasma solitário pode ser visto dançando sob um lustre de cristal. O hotel também é o lar de uma freira fantasma que esbofeteou um homem que trabalhava em uma escada por praguejar.

13. Hermann-Grima House – Construída em 1831 para prósperos crioulos, esta casa é considerada viva com agradáveis e amigáveis fantasmas do sul que espalham rosas perfumadas e lavanda pelos quartos e acendem as lareiras para torná-las aconchegantes.

14. Casa de Marie Laveau – A rainha do vodu Marie Laveau viveu neste local entre 1839 e 1895. Diz-se que seu espírito ainda realiza cerimônias de vodu selvagem aqui.

15. Palácio do Sultão – A Gardette-LePretre House, também conhecida como Palácio do Sultão, foi alugada por um irmão de um sultão turco no final da década de 1790. Numa noite de tempestade, assassinaram brutalmente todos que se encontravam na casa. Formas fantasmagóricas são vistas por lá há muitos anos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *