Gastronomia etc.

Dia do Turista em um giro de sabores por regiões brasileiras

Dia do Turista, a ser comemorado em 13 de junho, pode ter um gostinho especial em giro de sabores por regiões brasileiras.

Dia do Turista

Fazer uma viagem pelos livros pode ser uma experência fenomenal e, conforme já dizia Clarice Pacheco, na imagem acima, ativa a imaginação. E que tal se neste Dia do Turista você der uma mergulhada nos seus livros e caderninhos antigos de receitas? Vem conferir esta dica para explorar melhor os sabores em diferentes regiões do nosso país.

Ficar em casa incentivou muitas pessoas a aperfeiçoar suas habilidades culinárias, enquanto outros abriram livros de receitas pela primeira vez. Quando o papo é gastronomia, sabemos que todo mundo gosta de experimentar novos sabores. E para proporcionar algumas inspirações na cozinha, a chef e nutricionista do Comitê Umami, Lisiane Miura separou algumas dicas para comemorar o Dia do Turista, celebrado no próximo dia 13 de junho.

Lisiane afirma que nada melhor do que usar a culinária para aliviar a saudade. “Para quem quer recordar bons momentos das viagens e da gastronomia brasileira, essa é a hora de colocar a mão na massa e escolher o prato típico da sua região favorita. Preparar uma refeição tem o poder de causar sensações de conforto e bem-estar durante esse período de isolamento. Para matar um pouco a saudade de viajar e relembrar todas essas delícias, vale a pena recriar alguns desses pratos em casa”, recomenda a chef.

O Brasil é um grande centro gastronômico, e apesar de cada local ter suas particularidades, os pratos típicos conquistam diversos paladares. Lisiane explica que isso acontece porque os brasileiros utilizam muitos alimentos que conferem o gosto umami, quinto gosto básico do paladar humano, nas receitas. “Tomates, queijos, milhos e carnes são alguns exemplos e podem ser percebidos por meio do aumento da salivação. Muitas vezes esses ingredientes são utilizados nas receitas para acentuar e prolongar o gosto na boca, deixando os pratos ainda mais saborosos”, ressalta Lisiane.

Dia do Turista

Confira as características de alguns pratos típicos e viaje pelos Estados do Pará, Pernambuco, Goiás, São Paulo e Rio Grande do Sul, neste Dia do Turista, sem sair de casa:

Pará

No Pará, muito pratos são preparados com frutos do mar como, por exemplo, o camarão, que possui um alto teor de umami. “Para quem quer matar a saudade desse lugar que é dono de belas praias e riquezas culturais, pode preparar um delicioso Tacacá, um prato de origem indígena muito conhecido no país inteiro. O prato paraense é um caldo quente feito com bastante pimenta, tucupi, goma de tapioca, folhas de jambu refogadas e camarão ”, indica a chef.

Pernambuco

Para quem optar pela região Nordeste, a especialista sugere o saboroso Cozido Pernambucano. “Ao preparar a receita com amor, você é capaz de criar o seu tempero ao lembrar dos momentos que passou naquela viagem especial. Em Pernambuco, o tradicional cozido pode ser preparado com acém ou ossobuco, é um prato colorido com batatas, cenouras e milhos”, destaca Lisiane.

Goiás

Para quem quer se sentir na região central do Brasil, já pode anotar na lista de compras os ingredientes para preparar o Peixe na Telha, um prato que faz muito sucesso em Goiás. “É uma receita simples e leve que lembra comida caseira preparada pela mãe ou pela avó”, comenta a chef. Esse prato geralmente é feito com peixe de água doce, de couro (não possui escamas) e em postas, como o pintado ou surubim.

São Paulo

Descendo mais um pouco no mapa, na cidade de São Paulo, um prato recomendado por Lisiane é o Virado à Paulista. “A terra da garoa oferece muitas opções gastronômicas e, às vezes, a tradicional culinária fica perdida. É muito comum encontrar o virado às segundas-feiras nos restaurantes, ele traz alimentos umami, como a carne e a linguiça, que deixam a elaboração ainda mais saborosa”, ressalta a nutricionista.

Rio Grande do Sul

No Rio do Grande do Sul, a carne não pode faltar. Mas para não precisar de uma churrasqueira, Lisiane indica o preparo de um saboroso Arroz Carreteiro. “O preparo é simples: arroz cozido com pedaços de charque picados. Diversos pratos gaúchos são ricos em umami e é possível sentir o quinto gosto em todas as carnes, por meio do aumento da salivação, permitindo que o prato fique com aquele gostinho de quero mais”, finaliza.

A gente sabe o quanto a saudade de viajar está forte, o quanto a gente quer fazer a mala e sair por esse mundão. Por agora não dá, a gente precisa aceitar sem pressão e fazer o que é possível no momento, como por exemplo, estudar e planejar a próxima viagem, que certamente vai ser linda!!

E para te inspirar, nos despedimos por aqui com essa pérola de Deepak Chopra para este Dia do Turista: “Somos todos viajantes de uma jornada cósmica – poeira de estrelas, girando e dançando nos torvelinhos e redemoinhos do infinito. A vida é eterna. Mas suas expressões são efêmeras, momentâneas, transitórias.”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *