Variedades & Tecnologia

Escócia e País de Gales respiram música

 

A Inglaterra já é  amplamente conhecida pela suas raízes musicais pela maior parte dos viajantes brasileiros, mas, você sabia que a Grã-Bretanha ainda possui verdadeiras tesouros musicais espalhados em seus Festivais, Colégios e lojas tradicionais? Conheça um pouquinho algumas delas e repense sua viagem pela Grã-Bretanha.

Com mais de 130 apresentações musicais por semana, Glasgow é a cidade mais vibrante da Escócia quando se trata de música e é considerada a Cidade da Música pela UNESCO. Em agosto, sediou o Campeonato Mundial de Gaita de Foles, recebendo mais de 8 mil tocadores de gaita de foles para a competição. King Tut’s Wah Wah Hut é um local lendário de rock. O Folk e o jazz são fortes na cidade – não deixe de visitar o Halt, um respeitável bar e clube na Woodlands Road – mas os músicos sabem que alcançaram o sucesso quando estão na programação do City Halls. Essa é a principal casa de espetáculos da cidade. Um dos destaques do inverno é o Celtic Connections, o mais importante festival de música celta do Reino Unido que ocorre em janeiro. Mais de 2 mil artistas do mundo todo se reúnem para tocar durante 18 dias de música tradicional, folk, jazz, indie e world music. O festival ainda oferece ceilidhs (tradicional encontro social celta), palestras, eventos gratuitos, workshops e sessões musicais de madrugada em vários locais da cidade.

Music


De grandes sucessos que lotam estádios a pubs aconchegantes, Cardiff, a capital do País de Gales tem muito a oferecer. Os grandes astros e estrelas se apresentam no Estádio Millennium, que este ano recebeu em seu palco Rihanna e Bruce Springsteen. Importante centro de artes, o Wales Millennium Centre é o lugar para conferir a programação de musicais e óperas (além de dança e balé) e, neste ano, também vale a pena conferir o Womex 13 em outubro, festival de world music com a presença de mais de 300 artistas se apresentando em 60 concertos. Será seguido pelo S?n, um novo festival no qual toda a cidade vai se transformar em palco, com centenas de shows em dezenas de lugares – oportunidade ideal para conferir bandas promissoras. Você também pode ver algum astro do futuro na Royal Welsh College of Music & Drama, que tem concertos regularmente, inclusive sessões de jazz gratuitas nas tardes de sexta-feira. A Spillers também merece uma visita. Esta loja de discos independente mais antiga do mundo é o lugar ideal para se informar sobre shows. A própria loja realiza, inclusive, algumas sessões musicais.

A Grã-Bretanha vai muito além do que você possa imaginar.

260396_523758841017009_1721359861_n_opt

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *