Variedades & Tecnologia

Maior museu da Holanda abriu suas portas depois de 10 anos de reforma

Depois de quase 10 anos em obras, o novo Rijksmuseum abriu no último sábado, dia 13 de abril, e pela primeira vez, os visitantes puderam acompanhar uma viagem cronológica por meio de sua coleção. Em uma sequência de 80 galerias, oito mil objetos contam a história de 800 anos de arte e história holandesas. Somente a obra-prima de Rembrandt, Ronda Noturna, volta à sua posição original.

Em dezembro de 2012, o Rijksmuseum realizou uma campanha para comemorar a abertura. A obra-prima de Johannes Vermeer, “Mulher em Azul Lendo uma Carta”, fez uma turnê internacional, passando por São Paulo, no MASP.

Ronda Noturna, de Rembrandt van Rijn, o grande destaque do acervo do RijksmuseumA abertura do Rijksmuseum é parte das festividades que Amsterdã celebra este ano. Os canais completarão seu quarto centenário, o Museu Van Gogh comemora seu quadragésimo aniversário, a Royal Concertgebouw Orchestra vai celebrar seus 125 anos. A cidade vai festejar com os moradores e visitantes os 175 anos do Real Artis Zoo, os 225 anos do Observatório e o centenário de Museu Felix Meritis Frans Hals.

<- A tela Ronda Noturna, de Rembrandt van Rijn, é o grande destaque do acervo do Rijksmuseum

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *