Gastronomia etc.

Lámen: prato japonês está cada vez mais popular

O Lámen, que nasceu em período pós-guerra, é um prato simples, eclético, e é impossível não querer experimentar

Considerado um dos pratos mais tradicionais do Japão, o lámen tem uma base simples, composta de macarrão chinês à base de farinha, caldo (dashi) e adicionais variados. Sua composição – assim como seu nome – varia de acordo com a região e a preferência do público. No Brasil, a comida tem ganhado cada vez mais popularidade, além de variações tipicamente brasileiras.

Lámen

Conhecido por diferentes nomes, como “lámen”, “rāmen” e até por “chuka soba”, este prato nasceu na China sob o nome “lamian”, sendo levado pelos próprios chineses ao Japão no século XIX. No período pós-Segunda Guerra Mundial, ele se tornou uma alternativa barata para alimentar a população, que foi incentivada a produzir o macarrão com a farinha de trigo importada dos Estados Unidos para aliviar a falta de comida no país. Nesse mesmo contexto foi criado o macarrão instantâneo, aumentando a popularidade do lámen.

Para ser considerado lámen, o macarrão tradicional e o caldo devem estar presentes. A partir daí, é possível testar diferentes temperos e ingredientes, o que torna essa refeição simples ainda mais atrativa, já que seu preparo é fácil e ideal para ser realizado como uma atividade relaxante após um dia cansativo. Obviamente, seu preparo tradicional pode levar mais tempo. O caldo feito de ossos de porco, por exemplo, demora cerca de dez horas na preparação, devido à extração do tutano dos ossos.

Lámen

O tempero do caldo, chamado de dashi, é uma das alterações que mais pode impactar o sabor final. As versões mais conhecidas são a de Shio (sal), Shoyu (molho de soja) e Missô (pasta de soja e arroz fermentados). Outra questão importante é quanto à leveza do caldo, que pode ser Kotteri, com aspecto mais grosso, devido à presença de gordura e proteína, ou Assari, um caldo mais leve, de textura fina e com maior presença de legumes.

A base do caldo é normalmente feita de ossos de animais, como porco, boi e frango, juntamente com algas, peixes e vegetais, que dão ainda mais sabor.

Os adicionais mais comuns utilizados para finalizar o prato são alga verde, brotos de bambu marinados, fatias grossas de carne de porco, cebolinha e narutos (massa de peixe rosa com formato de redemoinho).

Presente em praticamente todos os restaurantes de comida japonesa, esse prato é incluído até mesmo na cultura pop, sendo elemento recorrente em animações japonesas, como animes, e filmes que fazem referência ao Oriente, o que favoreceu ainda mais sua popularização. No Brasil, bairros com grande incidência de imigrantes japoneses, como a Liberdade, oferecem diversas opções de lugares para provar esse prato tão famoso. Não deixe de experimentar!

Lámen

15 Comentários

  1. Pingback: Embarque na Viagem

  2. 18 de março de 2020 ás 10:11 Responder
    Rita Cardoso

    Na real… Esse prato maravilhoso surge sempre na minha cozinha, apresentado por mim…. 😋😋

  3. 17 de março de 2020 ás 23:31 Responder
    Socio

    Também aprecio muito, aqui em casa tem de galinha caipira e de carne apimentada, viva o nissin miojo kkkk

  4. 17 de março de 2020 ás 15:17 Responder
    Jaqueline

    Miojo.

  5. 17 de março de 2020 ás 07:59 Responder
    Nélio Sebastião Rocha

    acho que vcs devem pesquisar melhor
    lamen é de origem da Coreia do Sul

    • 17 de março de 2020 ás 16:41
      Ana

      Quem precisa pesquisar melhor é VOCÊ. ;)

    • 17 de março de 2020 ás 22:32
      José Nascimento

      Muito bom, faço degustação todos os dias desde 19i6 e preparo o mesmo com verduras e peito de frango desfiado. E com isso, consegui emagrecer 17 quilos.
      Ass: Riba PH da da PAZ

  6. 16 de março de 2020 ás 20:37 Responder
    Sérgio

    Esse está caprichado quero😋😋😋

    • 17 de março de 2020 ás 17:18
      Luis

      A Coreia do Sul só surge depois da 2ª guerra mundial, com separação das coreias. Se o lamen já existia no Japão trazido da China… não estou a entender como possa ter surgido na Coreia do SUL. Será que queria dizer no Sul da Coreia? Ahhhh e diz-se ” de origem sul coreana” e não ” de origem da Coreia do Sul.

    • 17 de março de 2020 ás 18:38
      Redação

      “No período pós-Segunda Guerra Mundial, ele se tornou uma alternativa barata para alimentar a população,”…

    • 18 de março de 2020 ás 13:29
      Jessi

      Aqui em casa eu faço com ovo, verdura, legumes .fica uma delícia.

  7. Pingback: Lámen: prato japonês está cada vez mais popular | Nikkeyweb | Rede da Comunidade e da Cultura Japonesa no Brasil –

  8. 15 de março de 2020 ás 22:02 Responder
    wilson harada

    Eu aprecio estes lamens

    • 18 de março de 2020 ás 00:00
      Jess

      Eu tbm
      😋

    • 18 de março de 2020 ás 00:02
      Jess

      Não importa de onde vem ,o esquema é comer ✌️ paz e amor.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *