Dicas & Destinos

Time Out elege os 4 bairros mais “cool” do mundo

Time Out elege áreas urbanas interessantes para viajantes que desejam ter uma experiência mais autêntica e menos turística

A revista britânica Time Out, que conta com versões em diversos países, entrevistou seus leitores em 2019 para eleger alguns dos bairros mais cool do mundo. Ao todo, a publicação consultou 27 mil moradores de todos os continentes sobre os locais mais interessantes em suas cidades, analisando aspectos como arte, cultura, bons locais para comer e beber, além de considerar se as regiões ainda não tinham sido afetadas pelo processo de gentrificação — fenômeno que transforma a dinâmica de territórios, culminando na segregação e na desigualdade social. A partir das sugestões dos leitores, os editores da revista refinaram a lista e chegaram a um total de 50 bairros capazes de fazer o viajante ter uma experiência única. Abaixo, listamos as quatro localidades mais bem cotadas.

Confira os 4 bairros mais “cool” do mundo segunda a Time Out

1 – Arroios, Lisboa

Localizado na capital portuguesa, o bairro de Arroios se distingue por sua característica multicultural, que mistura influências clássicas e modernas. Repleto de centros culturais e galerias de arte, o local também abriga a Biblioteca Municipal de São Lázaro, a mais antiga de Lisboa. 

Entre as opções gastronômicas, casas de culinária oriental, mexicana e restaurantes focados em frutos-do-mar reforçam a vocação intercultural da região, que também concentra grande quantidade de jovens, artistas e pessoas de todos os lugares do mundo. 

A quadra de basquete Campo Mártires da Pátria, revitalizada pelo artista urbano Akacorleone, se tornou uma das atrações que mais encantam moradores e visitantes. Além disso, Arroios também conta com opções de hospedagem ecológicas, como o Neya Lisboa Hotel, focado no uso consciente da energia, e com atrações noturnas, como a Casa Independente e a Associação Cultural Ironia Tropical.

time out
Quadra Campo Mártires da Pátria. Crédito: @akacorleone

2 – Shimokitazawa, Tokyo

Comparado com o Brooklyn (bairro de Nova Iorque) pelos editores da Time Out, o bairro japonês Shimokitazawa é descrito como um local arrojado, moderno e com forte influência da contracultura. Suas ruas, repletas de lojas de segunda mão, restaurantes, cafés e bares “diferentões”, são o oposto das localizadas nos bairros do centro de Tóquio, famosos pela estética harajuku. Shimokita, como também é conhecido, costuma reunir frequentadores interessados em música, arte e moda com uma estética antikawaii (antifofo, em tradução livre). Entre os restaurantes, destacam-se as casas que servem ramen e pratos à base de curry.

time out
Shimokitazawa é conhecido por ótimas compras e vida noturna.

3 – Onikan, Lagos

Localizado no coração da capital nigeriana, o distrito histórico de Onikan tem como um dos principais atrativos a arquitetura. Lá, é possível admirar casas coloniais que remontam ao período de pré-independência, prédios com estética típica da década de 1970 e construções contemporâneas, que contrastam com a presença de quartéis militares. Lá, o viajante poderá provar pratos típicos da culinária africana no restaurante Gana Alto, saborear cervejas locais no Fisto Bar e curtir a noite no telhado do hFACTOR. Para os interessados em arte e cultura, um bom programa é visitar os Balogun Marktes e a Rele Gallery. 

Time out
Rele Gallery. Crédito: Rele.co

4 – Wedding, Berlin

Chamado pela revista de “o distrito mais subestimado de Berlin”, o bairro de Wedding é conhecido por abrigar a classe trabalhadora de alemães e imigrantes da cidade. Repleto de mercados, pubs clássicos e espaços públicos ainda intocados pela especulação imobiliária, o local é um túnel para a Berlin do passado, com atrações como mostras de arte subterrâneas e um centro cultural localizado em um antigo crematório. Para comer, escolha entre cafés com menus rotativos e restaurantes típicos de comida alemã. 

time out
Manhã ensolarada de inverno

Para ver a lista completa, visite Timeout.com.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *