Dicas & Destinos

10 experiências para vivenciar no Brasil pelo menos uma vez na vida

Das grandes e movimentadas metrópoles às praias sem circulação de carros, da riqueza da natureza às expressivas manifestações culturais. A diversidade é tanta que seria possível passar uma vida inteira viajando somente pelo Brasil. Porém, com o mundo todo à espera, é preciso selecionar, por isso o pessoal da Skyscanner destacou 10 experiências que você deveria vivenciar no Brasil antes de morrer. Confira!

Viajar de barco pelo rio Amazonas de Manaus a Belém

Ir de Manaus a Belém pode ser feito em uma viagem de avião, em apenas 2h, ou em uma viagem de barco de… 5 dias! Se estiver interessado em uma real experiência na Amazônia, o trecho de 1.600 km por vias fluviais será a melhor pedida.

Os pontos altos da travessia são o encontro das águas entre o rio Negro e o rio Solimões (que vêm a formar o rio Amazonas) e a parada em Santarém. Quem sabe você até não aproveita para desembarcar e curtir uns dias nas praias de água doce de Alter do Chão?

Surfar ou mergulhar em Fernando de Noronha

O arquipélago de Fernando de Noronha é considerado o melhor lugar do Brasil para a prática de mergulho com cilindro, graças à temperatura amena e à transparência das águas.

Para quem pretende pegar onda, Noronha também conta com locais ideais para a atividade, como Praia da Cacimba do Padre e Praia do Boldró, onde frequentemente ocorrem campeonatos de surfe.

fernando_de_noronha_island_wallpaper_1920x1080

Participar do Carnaval em Pernambuco

O Brasil sedia imensas e diferentes festas de Carnaval por todo o seu território, e em Pernambuco os quatro dias de folia tem seus próprios ícones.

No Recife, o Galo da Madrugada, maior bloco carnavalesco do Mundo, título conquistado em 1995, conforme o Guiness Book, arrasta multidões e, em Olinda, o Homem da Meia-Noite, o mais famoso dentre os bonecos gigantes a desfilar, causa enorme comoção. Nas ruas de ambas as cidades, frevo e maracatu, dois ritmos essencialmente pernambucanos, comandam a festa.

Banhar-se numa cachoeira na Chapada Diamantina

As superfícies planas entrecortadas por pequenos rios formam incríveis e diferentes cachoeiras na Chapada Diamantina.

Algumas são apenas para contemplação, como a Cachoeira da Fumaça, mas outras são perfeitas para banho: na Cachoeira do Roncador, as pequenas piscinas naturais são ótimas para relaxar, e, na Cachoeira do Buracão, o percurso no rio em meio ao cânion é inesquecível.

chapada-diamantina-poco-do-diabo-foto-tatiana-azeviche-136

Flutuação nas águas cristalinas de Bonito

Reunir tantos lugares ideais para a chamada prática da flutuação foi o que tornou Bonito um fantástico destino de ecoturismo.

Utilizando snorkel e roupas de neoprene, é possível avistar muitos peixes e toda uma vegetação aquática nas águas cristalinas dos rios Sucuri, Prata, Bonito e Formoso. Coletes salva-vidas são quase sempre obrigatórios, o que permite que mesmo quem não sabe nadar tenha a chance de participar dessa inesquecível experiência.

Visitar as atrações históricas de Ouro Preto

A mais famosa cidade histórica do Brasil foi o principal palco dos acontecimentos do Ciclo do Ouro.

Foi a extração do metal precioso que financiou as belíssimas construções que ainda hoje contemplamos em Ouro Preto, como a Matriz de Nossa Senhora do Pilar, toda adornada em ouro; a Igreja de São Francisco de Assis, criação de Aleijadinho; e o Museu da Inconfidência, antiga sede da cadeia e hoje espaço de preservação da história da Inconfidência Mineira.

ouro-preto

Tirar uma selfie com o Cristo Redentor no Rio de Janeiro

No topo do Morro do Corcovado eis o Cristo Redentor, a estátua-símbolo do Rio de Janeiro e do Brasil. Ver o Cristo de perto é incrível, mas a vista da Cidade Maravilhosa, a 709 metros de altura, é o verdadeiro espetáculo.

Tirar uma selfie talvez seja mais força de expressão, já que a estátua tem 38 metros. Assim, mais vale pedir para outra pessoa enquadrar você e o Cristo na foto.

Aproveitar a vida noturna de São Paulo

Não importa a qual tribo você pertença, não há dúvida de que encontrará um barzinho ou uma balada para curtir a noite em São Paulo. Aos adeptos da mesa na calçada e copo gelado na mão, a Vila Madalena é um bom bairro a explorar.

Se gosta dessa combinação, mas prefere um ambiente mais popular, vá à Praça Roosevelt, região que vem despontando nos últimos anos. Para baladas de música pop, indie e brasileira, dirija-se ao Baixo Augusta; para baladas de música eletrônica, Vila Olímpia; para baladas gays, Frei Caneca e região.

Curtir a força das Cataratas do Iguaçu

Apreciada em fotos e vídeos, as Cataratas do Iguaçu já surpreendem, mas é ao vivo que se sente de perto toda a força desse conjunto de 275 quedas d’água – especialmente se a experiência envolver passeio de barco.

Os botes motorizados passam bem próximos das quedas a ponto de você sentir na pele toda a magnitude e o impacto da natureza, simplesmente inesquecível.

cataratas_04

Percorrer a estrada da Serra do Rio do Rastro em Santa Catarina

Uma viagem de carro (ou de moto) pela estrada da Serra do Rio do Rastro é uma das atividades mais imperdíveis no sul do país. Considerada uma das mais belas estradas do Brasil, é cortada pela SC-390, cercada pelo verde da Mata Atlântica e chega aos 1.421 metros de altitude.

Com subidas íngremes e curvas fechadas, tem ainda vários quiosques ao longo do percurso, onde os viajantes costumam parar para apreciar a paisagem. Para uma experiência mais completa, vale a pena chegar ao Morro da Ronda, onde há um mirante para que o momento seja aproveitado com toda a calma que merece.

Acompanhe também nossas dicas no instagram @EmbarquenaViagem e use a hashtag #EmbarquenaViagem para marcar suas fotos de viagem, dicas de lazer, hospedagem, entretenimento e cultura.

Embarque na Viagem, o melhor do Turismo, Hospedagem, Lazer, Entretenimento e cultura

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *