Dicas & Destinos

O turismo náutico atrai mais de 500 mil visitantes por ano ao Brasil.

O turismo náutico é praticado em águas de rios, mares, represas e lagos, em programas que envolvem passeios, excursões, pescarias, pesquisas e regatas.

Com um clima ameno e boas condições marítimas, o Brasil tem muito a oferecer a quem pratica turismo náutico. São mais de 7 mil quilômetros de litoral e cerca de 9 mil quilômetros de margens de reservatórios de água doce (hidrelétricas, lagos e lagoas).

A segurança e a conservação ambiental e cultural do local visitado são os principais atrativos para quem gosta do turismo náutico. Veja a seguir alguns dos lugares mais visitados para esse tipo de prática no Brasil:

Fernando de Noronha (PE)

Com lindas praias e paisagens, flora e fauna ricas e calor no ano todo, o arquipélago de Fernando de Noronha recebeu, em 2002, o título de patrimônio natural da humanidade, da Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco).

O local possui vários sítios históricos que guardam resquícios do período da colonização brasileira, como as ruínas dos fortes de São Pedro do Boldró, de Santo Antônio e de Nossa Senhora da Conceição. Há também piscinas naturais que colocam o visitante em contato direto com a fauna marinha de Fernando de Noronha.

Morro de São Paulo (BA)

Um dos destaques da costa da Bahia é Morro de São Paulo, vilarejo localizado em uma ilha paradisíaca, onde não é permitido o trânsito de automóveis. A Praia do Encanto, com 2 quilômetros de extensão e piscinas naturais mais profundas, é a mais bem conservada da região.

Esse povoado turístico é rico em ruínas, como restos de muralhas, fortes e as fundações de uma capela erguida no século XVII. Um dos principais monumentos visitados é a fonte pública, ou Fonte Grande. Construída em 1746, foi o maior sistema de abastecimento de água da Bahia no período colonial.

Ilhabela

As maiores atraçõs de Ilhabela são os esportes náuticos e quem visita a cidade encontra águas calmas e perfeitas para velejar, pescar e mergulhar. Anualmente, durante dez dias do mês de julho, a cidade realiza a Semana Internacional de Vela. O evento, o maior da categoria na América do Sul, recebe cerca de 1.500 participantes e mais de 400 barcos, além de contar com palestras, shows e exposições.

Ilhabela também realiza anualmente o Festival do Camarão, com shows musicais e um concurso de gastronomia. A cidade ainda é conhecida pelas dezenas de naufrágios que ocorreram em suas águas, como os de rebocadores, cargueiros, navios de passageiros e veleiros antigos, vindos tanto do Brasil como de países europeus, como Espanha e Inglaterra.

O mergulho é uma das atividades mais emocionantes que se pode executar no mar

Bonito (MS)

As águas doces que correm em Bonito estão em rios cristalinos, cachoeiras e grutas, que atraem ecoturistas e aventureiros. Um dos destaques do local é a Gruta do Lago Azul, com uma lagoa de mais de 80 metros de profundidade, frequentada por mergulhadores experientes.

A fauna e a flora de Bonito podem ser observadas em trilhas a pé, a cavalo ou de bicicleta. Essas visitas são controladas e devem ser acompanhadas por guias credenciados, para que seu impacto ambiental seja minimizado e a riqueza do local, preservada.

Angra do Reis (RJ)

Um passeio de barco é a melhor maneira de conhecer Angra dos Reis, famosa por receber milionários, artistas e esportistas. Na região estão 2 mil praias e 365 ilhas. Peixes, moluscos, algas, corais, crustáceos e tartarugas podem ser vistos durante um mergulho em Angra dos Reis, cujas águas apresentam boa visibilidade na maior parte do ano.

Ilha Grande, destaque do local, possui trilhas, cachoeiras e praias desertas. O local já abrigou um presídio durante quase 60 anos.

O iatismo ou a vela é o nome dado ao esporte que envolve barcos movidos exclusivamente por propulsão à vela, onde se emprega somente a força do vento como meio de deslocamento

Outros destinos

Entre os principais destinos de turismo náutico no Brasil também estão Ubatuba (SP), Parati (RJ), Baía de Todos os Santos (BA), Recife (PE), Fortaleza (CE), João Pessoa (PB), Natal (RN) e Pantanal (MS). Mais informações estão disponíveis no site da Embratur.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *