Variedades & Tecnologia

Live histórica? Temos! Lá vem Elza Soares

Ícone como mulher, potência negra, cantora e cidadã, Elza Soares comemora seus 90 anos em live histórica

Elza Soares
Foto: Alexandre Eça

Gente do céu!!! Não tenho nem roupa pra isso!!! Esse sábado será dia de cantar junto com uma das maiores divas da música brasileira na live de Elza Soares.

A live está marcada para sábado (25), às 21h, no canal da cantora no YouTube, e claro, promete ser histórica, já que é a primeira live realizada pela artista para comemorar os seus 90 anos. Os últimos 70, como uma das cantoras mais importantes e representativas da música brasileira.

Elza, uma potência na forma de mulher negra, foi uma das primeiras mulheres a falar abertamente sobre diversos temas, como: assédio, racismo, alcoolismo e misoginia. A cantora é o símbolo da resiliência, da resistência, da democracia e da pluralidade, Elza (DIVA, MARAVILHOSA) segue cada vez mais importante e relevante.

Desde que lançou o impactante álbum A mulher do fim do mundo em 2015, a cantora vive mais uma fase de renascimento artístico que – tudo indica – vai durar, desta vez, até o fim. “Me deixem cantar até o fim”, pediu Elza Soares em verso do samba-título do disco A mulher do fim do mundo.

Pedido aceito pelo público jovem que a consagra desde então, Elza segue moderna, antenada, contemporânea, como nenhuma outra cantora da idade dela.

Desde 2018, a cantora vem recebendo homenagens por toda sua contribuição à música e à cultura brasileira. O musical Elza, teve temporadas no Rio de Janeiro e em São Paulo e foi um tremendo sucesso.

Durante a live, Elza Soares será acompanhada por um quarteto de jazz formado por Jorge Helder (baixo acústico), Gabriel de Aquino (violão e guitarra), Márcio Bahia (bateria) e Netão (backing vocal).

Além disso, na sexta-feira (24/7) a cantora lança um novo single chamado “Negão Negra”, composto por Flavio Renegado e Gabriel Moura. Claro, a música será tocada durante a live no sábado.

Elza deve cantar diretamente de seu apartamento no Rio de Janeiro — mais especificamente, da sala de estar, segundo a cantora. A performance deve contar com participação de convidados especiais e foi intitulada Elza in Jazz.  

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *