Negócios & Serviços

Vidas negras também importam para as empresas

A desigualdade racial deve ser pauta constante nas empresas, na mídia e também nas rodas de conversa se quisermos finalmente vencer o preconceito.

Vidas negras

Estamos presenciando uma onda de protestos antirracistas nos Estados Unidos e em várias partes do mundo. No Brasil, muitas pessoas aderiram à tag “vidas negras importam” (ou black lives matter, em inglês), e agora cabe a toda sociedade levar essa conscientização adiante. A desigualdade racial deve ser pauta constante nas empresas, na mídia e nas rodas de conversa se quisermos finalmente vencer o preconceito.

Em pleno século 21, é inaceitável tratar uma pessoa de forma desigual simplesmente pela cor da sua pele. Quando abordamos o tema diversidade no mercado de trabalho, os números são assustadores. Segundo a última pesquisa do IBGE, apenas 29,9% dos cargos gerenciais são ocupados por pessoas pretas ou pardas e eles ainda ganham menos que as pessoas brancas . De acordo com o Instituto Ethos, 4,7% dos cargos de liderança são compostos por pessoa negras. É preciso incentivar cada vez mais que as pessoas pretas assumam seus lugares, com mais espaço em universidades e nos cargos de gestão e liderança no mercado de trabalho e não apenas ficar limitados à tag “vidas negras importam”.

Pensando nos benefícios da diversidade racial e no panorama das pessoas negras no mundo corporativo, a especialista Cris Kerr, CEO da CKZ Diversidade, empresa que há 12 anos apoia as corporações com programas e treinamentos de diversidade, apresenta dois fatos para você começar a contratar mais pretos e pardos para a sua empresa. Veja:

Fato 1: Você quer ter 35% a mais de retorno financeiro?

A pesquisa ‘Diversidade é Importante’, realizada pela McKinsey com 366 empresas no Canadá, América Latina, Reino Unido e Estados Unidos, revelou que as empresas com diversidade racial e étnica são 35% mais propensas a obter retornos financeiros.

Nos Estados Unidos, a pesquisa identificou que há uma relação linear entre diversidade racial e étnica e uma melhor performance financeira da empresa: para cada 10% de aumento na diversidade racial e étnica dos executivos seniores, o EBIT (lucro antes dos juros e impostos) aumenta 0,8%.

Fato 2: Tem muitas pessoas negras qualificadas, inclusive para a alta liderança

Um estudo do IBGE revelou que o número de pessoas negras com Ensino Superior triplicou nos últimos 10 anos. O velho argumento que dizia que “não temos negros qualificados para posições estratégicas” caiu por terra.

A verdade é que, quando tratamos de exclusão de pessoas pretas, a bola está com as empresas. As políticas governamentais vêm fortalecendo o acesso dos negros à educação, mas o aumento nas corporações continua sendo um grande desafio.

O pilar de raça ainda é um dos que mais enfrenta resistência pelas empresas, dificultando a mudança no cenário da desigualdade racial. Muitas vezes a pessoa tem competência, mas as desculpas estão relacionadas a forma como ela se veste ou até mesmo o tipo de cabelo, que não se encaixam nas normas da corporação.

Precisamos desconstruir urgentemente estes preconceitos e estereótipos que relacionam os negros como pessoas menos inteligentes e competentes.

Outro impasse é o viés de inconsciente, principalmente o viés de afinidade, que é a tendência das pessoas se aproximarem de pessoas semelhantes. É esse fator que faz com que homens brancos, que são a maioria nos cargos de liderança, tenham tendência a contratar e promover somente outros homens brancos.

É importante esclarecer que a única barreira que separa uma pessoa preta de uma pessoa branca chama-se oportunidade! Prepara-se para sair na frente e contratar negros que vão agregar muito valor à sua empresa.

A CKZ Diversidade é 100% focada em Diversidade & Inclusão. Há 12 anos conecta experiências, estimula o diálogo e desenvolve programas de valorização da diversidade. É formada por um time de pessoas apaixonadas em transformar os ambientes em espaços mais diversos e inclusivos. A empresa conta com uma Consultoria em Diversidade com treinamentos in company focados nas necessidades de cada corporações, além do único Treinamento em Diversidade & Inclusão do Brasil, que está em sua 2ª edição, e o 10º Super Fórum Diversidade & Inclusão, evento que tem como propósito apoiar as corporações a construírem ambientes mais diversos e inclusivos, tornando-as mais inovadoras e sustentáveis.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *