Cultura & Entretenimento

Um estímulo à preservação fílmica da cinematografia nacional

Dedico aos ignorantes a “Febre do Rato” e “A História da Eternidade” para que se empolguem e entendam “O Ano Que meus Pais Saíram de Férias“. Peço que tenham “Estômago” para que consigam digerir simples ideias do dia a dia e, se não der certo, posso remediar com “Cinema, Aspirinas e Urubus“. Assim quem sabe possam entender “O Dia que Durou 21 Anos“.

Fiquemos atentos pois “O Lobo Atrás da Porta” está apenas esperando um vacilo, louco pra lhes jogar no “Baixio das Bestas“.

Sabemos que aqui, no “Nosso Lar” todos temos preferências, todavia, falar sem conhecer sobre um cinema que cada vez mais cresce e aparece é muito feio e chega até a ser ridículo em um país que é tão rico culturalmente. Não desejo uma eterna guerra entre “Deus e o Diabo na Terra do Sol“, pois, em tempos difíceis, de “Terra em Transe“, onde circula travestida a censura, é de suma importância deixar de lado as diferenças.

A Hora e a Vez de Augusto Matraga” pode chegar logo e mesmo “Se Eu Fosse Você” , sim, você mesmo, percussionista amador “varandeiro” (ou “sacadista“) aculturado do novo século, usaria “A Luneta Do Tempo” para avistar novas possibilidades de se livrar da vergonha alheia de ser visto como “O Palhaço” por seus amigos e familiares.

No entanto, só depende de você ouvir ou não “O Som ao Redor” e entender “Que Horas Ela Volta” para que o país não sinta novamente “O Cheiro do Ralo“.

Finalizo dizendo que O “Bicho de Sete cabeças” já está aqui há muito tempo, “Do Outro Lado da Rua“, junto com a “Tropa de Elite” e você pode nem perceber pois “Eles Não Usam Black Tie“. Assim como o lobo, “À Beira do Caminho” , iniciarão, com seu apoio, o novo “Faroeste Caboclo” acompanhado de um novo “Batismo de Sangue“.

Meu total apoio ao cinema brasileiro e, principalmente, ao filme “Aquarius“, aos atores, produtores e todos os envolvidos.

aquarius

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *