Dicas & Destinos

Um passeio pelos parques do Arizona

Com uma diversidade natural impressionante, o estado do Arizona é casa de diversos parques nacionais, estaduais, monumentos, reservas e regiões perfeitas para aventuras e esportes ao ar livre. Veja abaixo algumas sugestões de áreas abertas para incluir em seu roteiro de viagem:

O Canyon de Chelly abriga famílias indígenas Navajo por cerca de 5000 anos, que criam gado e cultivam suas terras no local

Grand Canyon National Park

Maior cartão postal do estado, o Grand Canyon é visitado por aproximadamente 5 milhões de pessoas todos os anos. Mesmo quem já ouviu falar muito sobre o local, vai se surpreender com sua dimensão. O lugar é imperdível, seja para quem prefere contemplar suas paisagens em um dos muitos pontos de observação, ou presenciar um por-do-sol encantador acompanhado de um delicioso chocolate quente, seja para quem decide se aventurar em um de suas trilhas até o fundo do cânion ou um passeio radical de rafting no rio Colorado. O parque nacional possui duas entradas, a North Rim, mais remota que permanece fechada durante o inverno, e a South Rim, mais turística. Fora do parque nacional também há a West Rim, onde localiza-se a famosa passarela de vidro Skywalk.

Arizona

Saguaro National Park

Na região sul do Arizona, os viajantes se deparam com um deserto completamente diferente do que estão acostumados. Em vez de uma área completamente coberta pela areia, o Saguaro National Park é a casa de uma floresta dos gigantescos cactos saguaros e serve como proteção e preservação dessa espécie, que cresce somente nesta região. O parque também contém regiões montanhosas, onde crescem pinheiros e florestas de coníferas. Quem deseja conhecê-lo pode se hospedar em Tucson, já que o parque fica ao redor da cidade. Também é possível acampar mediante permissão adquirida no centro de visitantes.

Saguaro National Park, Arizona

Petrified Forest National Park

Visitar o parque nacional da Floresta Petrificada é fazer uma viagem no tempo, voltando mais de 200 milhões de anos. A colorida coleção de madeira petrificada, fósseis e sítios arqueológicos atrai curiosos e pesquisadores. Sua formação é resultado da ação de lava vulcânica que encobriu a área. Com a erosão, milhões de anos mais tarde, a madeira petrificada pôde ser revelada. É possível conhecer o parque fazendo trilhas, passeios a cavalo ou mulas. Já o Deserto Pintado, que se estende desde o Grand Canyon até o parque nacional da Floresta Petrificada, também é marcante para quem está passando pelo estado. É uma vasta paisagem localizada na parte norte do Arizona que apresenta rochas de diversas cores, rosas, vermelhas, cinzas e roxas. A área e suas formações foram uma combinação de diferentes fenômenos naturais.

Petrified Forest National Park

Monument Valley Navajo Tribal Park

Muitas pessoas conhecem o Monument Valley devido a suas paisagens impressionante que tiram o fôlego dos visitantes. Ele é cenário de diversos desenhos infantis e filmes de velho-oeste criados por Hollywood. A paisagem é marcada por torres de arenito enormes destacadas em gigantescos platôs estéreis. De clima árido e característica rústica, o local pertence a uma das maiores tribos americanas, a Nação Navajo, e está localizada na região norte do estado, a cerca de quatro horas de Flagstaff.

Monument Valley Navajo Tribal Park

Walnut Canyon National Monument

Próximo à cidade de Flagstaff, o cânion de curvas sinuosas e formações rochosas únicas possui cerca de 80 pequenas casas construídas nos penhascos entre 1125 e 1250 pelo povo Sinagua. Algumas teorias de porquê o local foi abandonado incluem um período de seca ou uma guerra entre tribos. As estruturas podem ser visitadas por meio de uma trilha a partir do centro de visitantes.

Walnut Canyon National Monument

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *