Variedades & Tecnologia

Exposição interativa de David Bowie desembarca de Londres direto em São Paulo

Os fãs de arte e boa música que estiverem por São Paulo até o finzinho de abril poderão se deliciar, no melhor sentido da expressão, em uma das melhores exposições que correm nosso país atualmente. Estou falando da exposição David Bowie, organizada pelo Victoria and Albert Museum de Londres que exibe uma espécie de retrospectiva artística deste que é considerado o camaleão do Rock. A mostra reúne em média 300 itens entre desenhos, letras de músicas, manuscritos, trechos de filmes e shows ao vivo, dentre outros diversos itens relacionados a Bowie. No entanto, os mais concorridos e admirados itens são os instrumentos e figurinos emblemáticos utilizados pelo artista em suas mais diversas aparições em shows e demais eventos. Nesta mostra do Brasil, em cartaz no MIS , são exibidos 47 figurinos, dos mais simples e básicos aos mais curiosos e loucos possíveis.

Figurinos David Bowie

Totalmente organizada tematicamente, os visitantes embarcam em uma viagem por meio de inúmeros personagens de Bowie e performances lendárias, destacando suas influências artísticas e suas experiências com o surrealismo, o expressionismo alemão, a mímica e o teatro Kabuki.

Figurinos Bowie

Bowie na verdade nasceu como David Robert Jones, em Brixton no sul de Londres, em 8 de janeiro de 1947. Sua carreira na música já dura quase 50 anos e jamais caiu no ostracismo. Bowie pode se orgulhar de seu sucesso comercial e com a crítica especializada. Ele é reconhecido por ser um dos mais audaciosos, influentes e criativos artistas do seu tempo. Autor e intérprete de hits como ‘Let´s Dance’, ‘Life on Mars?’ e “Heroes”, vendeu mais de 140 milhões de álbuns. Foi premiado diversas vezes, incluindo dois Grammys, dois British Awards, três MTV Video Music Awards e um Emmy. No cinema, participou de filmes que até hoje são ícones da cultura pop, como O homem que caiu na Terra (1976), Eu, Christiane F., 13 anos Drogada e Prostituída (1981) e Labirinto, A Magia do Tempo (1986). Em 2013 surpreendeu o público com o lançamento do álbum The Next Day, o primeiro trabalho depois de um hiato de 10 anos.

Labirinto

Se você puder dar uma esticada no seu tempo, programe-se também para assistir a Mostra David Bowie, que reúne os principais longas em que Bowie participou, além de documentários que retratam a vida e carreira do artista. Esta exibição faz parte da programação paralela realizada pelo museu. Confira aqui a programação com os filmes, datas e horários planejados para a exibição.

Exposição David Bowie MIS FOTO Vicente Gil
Fiquem ligados pois já está previsto para o segundo semestre de 2014 a tradução do livro O homem que vendeu o mundo – David Bowie e os anos 70 escrito pelo historiador cultural Peter Doggett onde explora o rico legado da década mais produtiva e inspirada de Bowie. Um relato intenso sobre como a música do artista refletia e influenciava o mundo que o cercava.

Serviço:

MIS – Museu da Imagem e do Som
De 31jan a 20abr2014
Terças a sextas, das 12h às 21h; sábados, das 11h às 23h; domingos e feriados, das 11 às 20h

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *