Variedades & Tecnologia

Uma cruzada sonora vinda do Sertão!!

E o ano começou. Embarcaremos agora em uma “cruzada”, isso mesmo, uma cruzada musical que vem lá dos confins do Sertão pernambucano misturando pop, rock, maracatu e muita poesia. Da cidade de Triunfo – PE, a banda Templários Acústicos surgiu da união do maestro Lucivaldo Ferreira com ex-integrantes da banda  Ambrosino  Martins, também da cidade de Triunfo. Pude acompanhar vários shows desses caras e  digo que Pernambuco é realmente um berço importantíssimo. 

A banda faz releituras de clássicos da MPB, passando pelos ritmos pernambucanos como: ciranda, coco, afoxé. No repertório, além de Luiz Gonzaga Jr., Luiz Gonzaga, Lenine, Alceu Valença entre outros, a banda inclui músicas próprias em seu repertório. 

Tive o prazer de dividir o palco várias vezes com esses caras e vejo o amadurecimento de cada integrante. Frank Trama e sua guitarra maravilhosa é uma nova promessa. 

Templários Acústicos - 02

“Azimutal” faixa do primeiro cd da banda é uma mistura de metais com visões de visitantes alienígenas invadindo o Sertão. Arranjos de primeira qualidade compõem o disco. Seis  faixas inéditas, todas produzidas no interior de Pernambuco,  mostram  a força que o Sertão está tendo atualmente com suas próprias produções. 

 

A balada “Ana Lógica” fala de incenso, Cabral e Bandeira. É uma mistura poética incrível, como diz o poeta e autor da música, Lucivaldo Ferreira, é uma “princesa digital”. 

“Da Fagulha à Chama” (clipe) é como eu costumo dizer, uma lapada. É um frevo com total influência de rock e com arranjos brilhantes. A letra traz um cunho social e político que resume bem o trabalho dos “Templários”.  Não podemos esquecer o solo de trompete de Jeffinho, jovem e competente músico triunfense que está cada vez mais sendo requisitados para gravações e shows com diversos artistas. O clipe foi dirigido por Camilo Melo que também fez parte da gravação do cd como técnico.

Começamos o ano muito bem acompanhados. Vamos, então, viajar no som dos Templários Acústicos e, quem sabe, no meio dessa viagem, encontrar uma nave mãe repleta de novidades sonoras. Parabéns aos Templários e parabéns à cultura pernambucana e brasileira.

Templários Acústicos - CAPA COMPLETA

Álbum: Templários Acústicos: “Da Fagulha à Chama”
Lucivaldo Ferreira: Voz
Frank Trama: Guitarra, violão 12 cordas e violão nylon
Flavinho: Bateria e Percussão
Joadson (Mais conhecido como Jó Sta Cruz): Baixo
Marco Jekson: Teclados
Jeffinho: Trompete e Melofone
Zz: Sax Alto, Sax Tenor e Sax Barítono

Fabrício Ramos  é cantor, compositor, colunista cultural e também um pesquisador apaixonado pelo fenômeno UFO. 

Com um álbum todo autoral gravado, que o levou  a fazer turnê no Japão, suas músicas estão conquistando fãs em todo o mundo graças à grande “teia” mundial. Fabrício divide seu tempo entre a graduação de História na PUC-SP e seus shows onde insiste em enviar mensagens de conscientização social, paz e amor, mesclando suas raízes pernambucanas com a música pop. 

Facebook  |  Twitter | www.fabricioramos.com

E-mail: producaofabricioramos@bol.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *