Dicas & Destinos

Rio de Janeiro está preparado para receber os turistas neste carnaval sem festividades

Cidade segue os protocolos sanitários da Prefeitura do Rio em combate à pandemia da Covid-19

turistas neste carnaval

Este carnaval não vai ser igual àqueles que passaram, mas o Rio de Janeiro continua sendo o principal destino turístico do país. Mesmo com o cancelamento dos desfiles das escolas de samba e dos tradicionais blocos de rua, a cidade está pronta para receber os turistas neste carnaval com muita hospitalidade – dentro, claro, dos protocolos sanitários recomendados durante a pandemia. O Aeroporto Santos Dumont receberá 795 voos domésticos entre os dias 12 e 22 deste mês e a Rodoviária do Rio estima 50% do movimento tradicional nesta época do ano.

Na rede hoteleira, a pesquisa prévia do Sindicato dos Meios de Hospedagem (HotéisRio) prevê uma taxa média de ocupação na faixa de 41%, ante os 78,4% registrados no mesmo período no ano passado. Devido às restrições em voos internacionais, os turistas brasileiros serão 92% (com maior procura por parte de residentes nos estados da região Sudeste: São Paulo, Minas Espírito Santos e do interior do Estado do Rio). Dentre os estrangeiros, espera-se uma quantidade maior de visitantes americanos, seguidos por argentinos, chilenos e colombianos.

“O carnaval é o momento mais importante para a indústria do turismo. No ano passado, sem a pandemia, a cidade recebeu mais de dois milhões de visitantes, o que significou um movimento de cerca de R$ 4 bilhões em nossa economia. Neste ano, por causa da pandemia da Covid-19, as expectativas são muito mais modestas. Viemos de um período muito difícil, com mais de 90 hotéis fechados a maior parte do ano. E estamos retomando as atividades com muita cautela, pois o momento ainda é de foco na saúde e no combate à pandemia”, destaca Cristiano Beraldo, secretário municipal de Turismo.

Beraldo informa ainda que os hotéis, os equipamentos turísticos e os bares e restaurantes estão preparados para receber os turistas neste carnaval de forma segura. “Essa é uma sinalização importante para o país e para o mundo e acreditamos que possamos retomar os grandes eventos no segundo semestre, conforme a orientação dada pelo prefeito Eduardo Paes”, comenta o secretário citando como exemplo as comemorações dos 90 anos do Cristo Redentor.

O Redentor, aliás, está de braços abertos para os turistas neste carnaval. São esperados cerca de 2500 visitantes por dia no acesso via Trem do Corcovado. Um número próximo à média de 2020. Já no Pão de Açúcar, existe a expectativa de superar em 40% a média do número de visitantes durante o período crítico da pandemia.

Como a palavra de ordem é evitar aglomerações e os visitantes estão preferindo vir em casal ou pequenos grupos de parentes e amigos, uma opção interessante são os voos panorâmicos de helicóptero que oferecem uma vista privilegiada das belezas cariocas. A expectativa das companhias que operam esse tipo de serviço é de atender de 1500 a 2000 mil pessoas no período do carnaval.

Seja pelo céu ou em terra firme, visitar o Rio é sempre uma excelente opção.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *