Variedades & Tecnologia

Tarsila Para Crianças: Exposição sensorial e interativa chega a São Paulo

Após o sucesso de “Tarsila Popular”, que bateu recorde de público no MASP, uma nova exposição sobre a artista chega a São Paulo. É a “Tarsila Para Crianças“, em cartaz no Farol Santander, no centro de São Paulo, até o dia 02 de fevereiro.

Utilizando tecnologia, interatividade e cenários imersivos, o espaço dedica quase 500 metros quadrados para mostrar as cores e formas da artista brasileira, através de sete estações temáticas, divididas em dois andares – 19º e 20º – do prédio.

A mostra é toda instagramável!

Tarsila Para Crianças
Lúdica e com muitas cores, a exposição é sensorial e interativa.

Com curadoria de Tarsila do Amaral, sobrinha neta da artista, Karina Israel e Patricia Engel Secco, “Tarsila Para Crianças” tem cenários oníricos, prontos para serem tocados, do melhor jeito que uma criança gosta – e deve – curtir uma exposição.

Tarsila Para Crianças
Neste espaço, os desenhos dos visitantes são colocados na tela, como se estivessem ajudando a artista a compor o quadro.
Tarsila Para Crianças
As imagens em alto relevo também foram pensadas para o deficiente visual conhecer o mundo de Tarsila do Amaral.

Confira as estações temáticas:

Vila dos Sentidos – a exposição começa com um cenário bucólico que remete à infância de Tarsila na fazenda São Bernardo, onde cresceu brincando com seus mais de 40 gatos e fazendo bonecos de mato. Uma mini vila caipira será formada por quatro casinhas tridimensionais, rodeadas por cestos de frutas, com inspiração no quadro A Feira. Cada casinha apresentará uma característica marcante relacionada à infância da pintora, como o quarto com sua caixinha de música e bonecas de mato, a sala de estar com piano, foto de família e seus gatos de estimação, e até seu perfume e sabonete preferido.

Toca da Cuca – Inspirado no quadro A Cuca, o público encontrará um espaço com uma projeção com os bichos divertidos inspirados nos seres imaginários presentes na obra de Tarsila do Amaral, que passarão em uma espécie de tapete imersivo, projetado dentro da Toca da Cuca cenográfica, com acesso pelo túnel da lagarta.

Universo Tarsila – Tendo como referência a obra Cartão Postal, os visitantes poderão colorir diferentes elementos encontrados em sua obra e os animais imaginários que habitam o extraordinário e colorido universo de Tarsila, que ganham vida em uma parede interativa instalada no andar.

Floresta Negra – Com uma cenografia e ambientação sonora do que seria a floresta onírica do quadro Floresta, o público poderá se aconchegar no ninho de almofadas que simulam os famosos ovos rosa arroxeados de sua pintura. No mesmo local, baseado na obra Urutu, será possível encontrar um ovo onde os visitantes despertam a curiosidade, observando através de buraquinhos as possíveis criaturas que habitam dentro do ovo. A floresta ainda esconde um guardião, o touro preto (O Touro), que protege com seu mugido quem pensar em fazer mal à natureza. Os visitantes poderão tirar fotos no instapoint do touro. Uma reprodução tátil do quadro Floresta foi criada especialmente para que deficientes visuais conheçam a obra de Tarsila do Amaral.

Jardim Afetivo – Os visitantes serão convidados a embarcar em uma viagem sensorial, com animações e sons, como por exemplo, os ruídos da estação de ferro, da caixinha de música, o coaxar do sapo, os grilos, que remetem diretamente a 4 quadros de Tarsila.

As Cores de Tarsila – Neste ambiente estarão expostos reproduções de diversos quadros impressos e as principais cores da paleta de Tarsila (Cores Caipiras: azul puríssimo, rosa violáceo, amarelo vivo e verde cantante) para a pintura brasileira e internacional. Ao centro, duas redes coloridas penduradas do teto até quase o chão, representando pinceis. Os visitantes serão convidados a se posicionar nas redes-pinceis, e percebem que no chão há uma projeção que repercute o movimento de cada pincel e vai misturando as cores e dando origem a uma infinidade de pinturas digitais aleatórias.

Papo com o Abaporu – A mais famosa obra de Tarsila, Abaporu, divide espaço com as obras Sol Poente e A Lua, em uma sala repleta de cactos cenográficos e flores holográficas. O cenário do Sol Poente é pensado para boas fotografias, com diversos pufes espalhados em frente a uma série de círculos laranjas. Nessa sala também há o espaço Papo Com Abaporu, com dois totens touchscreen com perguntas que poderão ser respondidas pelo enigmático personagem via inteligência artificial, através da plataforma Watson.

O Farol Santander, que fica na Rua João Brícola, 24 – Centro – São Paulo/SP (estação São Bento – linha 1, azul do metrô), recebe a mostra Tarsila para Crianças até 2 de fevereiro de 2020, os ingressos custam R$ 25, a entrada é grátis para crianças até 2 anos e 11 meses e a exposição acontece de terça a domingo das 9h às 20 horas.

1 Comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *