Dicas & Destinos

Florença, a capital da Toscana, reúne arte e história

Com mais de 2 mil anos de história, Florença, capital da Toscana, é um verdadeiro museu a céu aberto, com palácios, galerias de arte, casarões e catedrais. Estima-se que aproximadamente 40% do acervo artístico da Itália estão nos museus e nas ruas da cidade, que mesmo repleta de edifícios históricos, não perde em nada para capitais modernas. Em Florença você encontra diversos restaurantes, bares e cafés. Desenvolvida às margens do rio Arno, sobre o qual ainda estão pontes milenares, a cidade teve seu auge no Renascimento e foi lar de grandes nomes como Dante Alighieri, Nicolau Maquiavel e Michelangelo. Descubra os segredos deste lugar mágico e encante-se com Florença!

Scenic View Of Florence After Sunset From Piazzale Michelangelo

 

QUANDO IR

Com clima mediterrâneo, tem invernos frios e verões quentes e secos, com temperaturas que podem chegar a 35⁰C. As chuvas são mais abundantes no outono e, no inverno, pode nevar.

CURIOSIDADES

Na segunda metade do século 19, a cidade exerceu forte influência sobre a escolha do idioma do país, que tinha muitos dialetos. Até então o siciliano seria o idioma eleito, mas na época Florença destacava-se culturalmente e a língua falada na cidade foi decretada como oficial.

Repleta de atrações incríveis, Florença é o paraíso para quem gosta de história e arte. Duas das galerias mais concorridas do mundo, Uffizi e Accademia, estão na cidade, com obras de gênios como Michelangelo e Botticelli. Conheça ainda o Duomo, o Palazzo Pitti e a famosa ponte Vecchio.

Mais do que apenas uma cidade histórica, Florença reúne quase a metade de todo acervo artístico italiano, tornando-se parada obrigatória para quem quer ver de perto obras de gênios do Renascimento e edifícios cuja arquitetura encanta há séculos. Separe vários dias na agenda para desvendar os segredos desta cidade maravilhosa!

maapa-de-florenca

Catedral de Santa Maria del Fiore (Duomo)

A catedral de estilo gótico possui fachada coberta por mármore cor de rosa, branco e verde. Começou a ser construída em 1296, mas recebeu a consagração do papa somente 140 anos depois. No interior da cúpula é possível ver os afrescos de Giorgio Vasari. O espaço também abriga o Museo dell’Opera del Duomo, com obras de Donatello.

ENDEREÇO: Piazza del Duomo.

ng-florence-show

Battistero

A construção mais antiga de Florença foi cenário do batismo de Dante Alighieri. De acordo com historiadores, a primeira versão do prédio foi erguida ainda no século 6. Compõe, juntamente com a Catedral e o Campanário, o trio de maravilhas arquitetônicas da Praça do Duomo, reconhecidas como patrimônio da humanidade pela Unesco. As portas da face leste foram decoradas por Lorenzo Ghiberti, no século 15.

ENDEREÇO: Piazza del Duomo.

Piazza Della Signoria

No século 14 a praça era o principal ponto de encontro político e social da cidade. Atualmente, a arte tomou o espaço da política com algumas esculturas e réplicas renascentistas famosas em todo mundo. Entre os trabalhos originais estão a estátua que Giambologna talhou do Duque de Médici montado em um cavalo. Já entre as réplicas, o destaque fica para Il Marzocco, de Donatello e Davi, de Michelangelo.

 

Piazzale Michelangelo

Uma réplica de bronze do Davi, de Michelangelo, divide as atenções com a melhor vista da cidade a partir deste parque planejado pelo arquiteto Giuseppe Poggi, no século 19. Dali é possível ver todo o Centro Histórico e o rio Arno.

ENDEREÇO: Piazzale Michelangelo|50125.

Ponte Vecchio

Misto de ponte e base de sustentação para casas, a Ponte Vecchio une as duas margens do rio Arno a mais de 650 anos. É um dos cartões-postais mais conhecidos de Florença, juntamente com o Duomo. Algumas das lojas que a ocupam são geridas pelas mesmas famílias há séculos, numa tradição que teve início no século 16.

ponte-vecchio-florenca

Santa Croce

A basílica franciscana teve a construção concluída em 1294 e traz em seu interior afrescos de Giotto e Taddeo Gaddi, além do museu Opera di Santa Croce. Entre as atrações mais curiosas desta igreja ainda estão sepulturas decoradas por artistas renomados como Donatello. Nelas estão restos mortais de moradores da cidade, como Maquiavel, Galilei e Michelangelo.

ENDEREÇO: Piazza Santa Croce |16.

Museo del Bargello (Palazzo del Popolo)

O museu fica em um edifício que já abrigou o conselho de justiça e polícia florentino. Abriu as portas em 1886 e, entre as obras expostas, estão a estátua em homenagem ao deus Baco, de Michelangelo, Marzocco de pedra (símbolo heráldico de Florença), de Donatello, e esculturas inacabadas, como um Davi em fase inicial.

ENDEREÇO: Via del Proconsolo |4.

Palazzo Pitti

Museus e salões fazem parte desse palácio do século 15. O destaque fica para a Galleria Palatina, cujo acervo conta com trabalhos de Rafael, Tiziano, Caravaggio e Tintoretto, enquanto outras salas exibem mostras de arte moderna. Uma atração imperdível é um passeio pelos belos Jardins Boboli.

ENDEREÇO: Piazza de Pitti| 1.

Basilica de San Lorenzo e Cappelle Medicee

A família Medici, que exerceu o poder entre os séculos 14 e 17, foi a responsável por Florença ter se tornado sinônimo de arte. Muitos de seus integrantes estão sepultados entre esculturas de Donatello, na Sacrestia Vecchia, dentro da Basilica de San Lorenzo (do século 14), ou nas Cappelle Medicee. Ali encontra-se a Sacrestia Nuova, com arquitetura e três túmulos projetados por Michelangelo.

ENDEREÇO: Piazza Madonna degli Aldobrandini| 6.

Galerias de arte

Não deixe Florença sem visitar duas das principais galerias de arte do mundo: a Galleria degli Uffizi e a Galleria dell’Accademia. A primeira possui 45 salas em prédio inaugurado em 1560. A coleção criada pela família Medici, entre os séculos 14 e 16, inclui obras de mestres do Renascimento e pintores como Caravaggio e Rembrandt. Já a Galleria dell’Accademia expõe coleções impressionistas de artistas como Bellini, Titian e Mantegna, além do David de Michelangelo, que está em exibição no lugar desde 1873.

galleria-degli-uffizi-florenca

Informações importantes:

Idioma- Italiano
Moeda- Euro Fonte: CVC Viagens
Fuso horário- De 3 a 5 horas a mais que Brasília, dependendo do horário de verão de cada país
Aeroporto mais próximo- Aeroporto di Firenzi
Voltagem- 220 volts | Tomada tipo L
Peso da bagagem- Consulte sua companhia aérea
Vacina- A Itália não exige Certificado Internacional de Vacinação
Documentação- Passaporte válido por seis meses. A Itália não exige visto de entrada para brasileiros
Embaixada- ENDEREÇO: Piazza Navona, 14 | Roma |Telefone: 39 06 683-981

 

clima-florenca-italia-primavera

Acompanhe também nossas dicas no instagram @EmbarquenaViagem e use a hashtag #EmbarquenaViagem para marcar suas fotos de viagem, dicas de lazer, hospedagem, entretenimento e cultura.

Embarque na Viagem, o melhor do Turismo, Hospedagem, Lazer, Entretenimento e cultura

Texto originalmente publicado em CVC viagens

2 Comentários

  1. Pingback: Embarque na Viagem

  2. Pingback: Embarque na Viagem

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *