Variedades & Tecnologia

Já imaginou comprar uma obra de Pablo Picasso por apenas Cem Euros?

 

Quem em sã consciência não gostaria de ter uma tela pintada por um dos melhores pintores na história da humanidade? Em um sorteio que será realizado pela casa de leilões Sotheby’s, o que parecia um sonho, pode se tornar realidade.

A tradicional casa de leilões de Paris está vendendo 50 mil bilhetes no valor de € 100 cada (o equivalente a pouco mais de R$ 300,00) da ilustração cubista ‘O homem da cartola’, pintada em 1914 e que está avaliada em quase três milhões de Reais.

Ao todo, com as vendas dos 50 mil bilhetes, serão arrecadados € 5 milhões (pouco mais de R$ 14,5 milhões), que serão utilizados em projetos de conservação da cidade de Tiro, no sul do Líbano, tombada como patrimônio mundial da Unesco, e que foi destruída durante a guerra civil.

Picasso - O homem da cartola

A filha do artista, Maya Picasso, e seu filho, Olivier Picasso, garantem a autenticidade desta tela, segundo Olivier, a iniciativa combina com o estilo do seu avô – “Um homem que sempre foi pioneiro e generoso”.

Qualquer pessoa, em todo o mundo, pode participar do sorteio que será realizado no dia 18 de dezembro, em Paris. Para comprar o bilhete e concorrer, acesse o site www.1picasso100euros.com ou o Facebook www.facebook.com/1Picasso100Euros.

[embedplusvideo height=”400″ width=”630″ editlink=”https://bit.ly/1gvX7lf” standard=”https://www.youtube.com/v/VJIce1yTnaU?fs=1″ vars=”ytid=VJIce1yTnaU&width=630&height=400&start=&stop=&rs=w&hd=0&autoplay=0&react=1&chapters=&notes=” id=”ep2993″ /]

Com o dinheiro arrecadado, dois projetos serão realizados pela Associação Internacional que protege a cidade de Tiro, no Líbano: o financiamento de um instituto de pesquisa em Beirute, sobre a civilização fenícia, onde estará aberta para estudantes que tem interesse nessa área, e também a construção de uma vila com atividades tradicionais fenícias, com a fabricação de objetos artesanais, da mesma maneira, como se era realizado pelas antigas civilizações. Influenciando e preservando assim, a arte, e a história.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *