Dicas & Destinos

Hoje Recife comemora 475 anos

Parabéns Recife, pelos seus 475 anos de história, tradição e alegria!

 

Recife Embarque na Viagem

 

Exatamente em 12 de março de 1537, a capital do estado de Pernambuco, Recife, era fundada. Este nome foi escolhido em função dos arrecifes – que são rochedos de coral e arenito que formam uma muralha natural em seu litoral.

Recife é uma cidade histórica devido aos vários tombamentos pelo Patrimônio Histórico e Cultural da Humanidade. Suas construções são verdadeiros tesouros e fazem de Recife um museu a céu aberto. Uma “lindura só”, que encanta o visitante que passa pela cidade.

Um pouquinho da História de Recife

Recife era uma pequena colônia de pescadores quando foi fundada, em 1537. Por ser uma cidade litorânea, logo foi construído um porto, utilizado por Olinda, outra jóia-cidade pernambucana, na época, capital da Capitania, para escoar a produção de açúcar.

Com o incremento da atividade portuária, Recife se desenvolveu rapidamente e sua prosperidade logo atraiu colonizadores, vindos de terras distantes como a Holanda.

Em 1630, os holandeses desembarcaram em Pernambuco, precisamente na praia conhecida como Pau Amarelo. Logo alcançaram Olinda e depois Recife. Permaneceram no estado por 24 anos, principalmente na capital, que foi a sede do domínio holandês.

Os holandeses foram liderados por João Maurício, o Conde de Nassau-Liegen, que, em 1637, deu início ao processo de urbanização e construção da “Mauritzstadt” também chamada de cidade Maurícia.

Ponte Maurício de Nassau Hugo Acioly Embarque na Viagem

Maurício de Nassau assumiu o cargo de governador de 1637 a 1644. Neste período se preocupou com o embelezamento e modernização da cidade. Pavimentou ruas, drenou pântanos, construiu pontes, canais, estradas, escolas, um jardim botânico (o primeiro do Brasil) e um observatório astronômico. Transformou o que era um pequeno vilarejo num moderno centro urbano. E com o objetivo de investir em cultura, copiando o que vira nas cidades européias que visitou, importou missões artísticas e científicas para cidade, tornando-a pólo cultural do Nordeste.

VISTA DO MARCO ZERO DO RECIFE  PARQUE DAS ESCULTURAS Foto Hugo Acioli Embarque na Viagem

Comemoração do Aniversário de Recife

Hoje a festa terá participação de vários artistas, entre eles Luiza Possi, Emílio Santiago, Paulinho Leite, Nádia Maia, Chimbinha e Joelma, Gustavo Travassos, Gerlane Lops, Nena Queiroga, Edilza, Geraldinho Lins, Maestro Forró, Vanessa Oliveira, Cristina Amaral, Liv Moraes, Elba Ramalho, Almir Rouche, Marrom Brasileiro, Josildo Sá, Rogério Rangel, Ed Carlos, Irah Caldeira, Adryana BB, Fábio Trummer, Dj Dolores e Cezzinha , sobem ao palco para exaltar o Recife.

Quem abre a noite é Luciano Magno e a Orquestra Frevo Big Band, a partir das 19h.

Entre uma apresentação e outra, trechos de poesias de autores regionais . Obras de Manuel Bandeira, Carlos Pena Filho e Natália Parreiras foram algumas das selecionadas. “Toda essa programação mostra como o Recife é: plural e democrático”, disse o prefeito da cidade, João da Costa.

 

Horário: A partir das19h

Entrada: Gratuita

Local: Marco Zero

Mais um pouquinho de comemoração

Ainda para celebrar os 475 anos da cidade, o prefeito anunciou que, no dia 25 de março, ocorrerá a Corrida das Pontes, com largada do Marco Zero, e, no dia 1° de abril, o show “Viva Elis”, com Maria Rita e João Marcelo Bôscoli, no Parque Dona Lindu, em Boa Viagem, Zona Sul do Recife, a partir das 18h. A entrada é gratuita. Além da apresentação, também acontecerá uma exposição multimídia em memória aos 30 anos de morte da cantora.

..

Outros Posts de Recife que você poderá gostar:

Um pouco de Recife, apaixone-se!

Circuito das Igrejas em Pernambuco 

 

..

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *