Dicas & Destinos

De volta a Buenos Aires!

Saudades de viajar para Buenos Aires, não é minha filha?! Rsrsrs

Eu e muita gente temos compartilhado esse sentimento, já que o turismo na Argentina está fechado por conta da pandemia que abalou o mundo este ano.

buenos aires

Mas, se tudo der certo, em novembro o governo argentino voltará a permitir a entrada de turistas, já que é o mês que está previsto a abertura do seu espaço aéreo para voos internacionais.

Embora atualmente Buenos Aires já não seja um destino tão barato quanto foi há alguns anos, ainda assim, pelo fato da moeda argentina estar bem desvalorizada em relação ao real, continua sendo uma boa opção de lugar para viajar sem gastar uma fortuna.

Para quem planeja visitar a cidade pela primeira vez, há lugares que não podem faltar no roteiro de viagem, com a Casa Rosada, a Plaza de Mayo, Puerto Madero, o bairro La Boca (onde fica o famoso Caminito e o estádio do Boca Juniors), a Feira de San Telmo, bater perna por Palermo (incluindo os seus bosques), o Malba (Museu de Arte Latino-Americana), visitar o túmulo da Evita no famoso Cemitério da Recoleta e, claro, assistir a um show de tango, né?! Isso é o básico do básico!

buenos aires

Mas se você está planejando voltar pela segunda, terceira, quarta vez… aí a gente tem que começar a sair da rota turística tradicional e explorar um pouco mais a cidade.

Uma das coisas que eu acho que Buenos Aires tem de melhor é a cena gastronômica, por isso, não deixe de conhecer seu cafés clássicos, como o El Gato Negro, La Biela, Café Las Violetas, El Hipopótamo, ou ainda os mais moderninhos, como os da rede Tea Connection, Bilbo Café ou o Lattente em Palermo, só para citar alguns.

No quesito restaurante as opções são quase infinitas. Eu indicaria explorar os bairros de Las Cañitas e Belgrano, se quiser ter uma experiência mais local; mas obviamente que bairros como Palermo e Recoleta estão cheios de lugares super estilosos e com ótima gastronomia. Alguns nomes para você ter em mente são: Pipi Cucu, Kansas, Sucre, Astor, Miranda, La Dorita…

E, entre alguns passeios, eu visitaria a Feira de Mataderos, o Mercado de las Pulgas da Av Dorrego, curtiria a vista do alto do Zirkel (um restaurante no 21º andar do número 327 da avenida Corrientes), o Museu do Humor, o Parque Saavedra, o Cemitério de Chacarita (Perón e Carlos Gardel estão sepultados lá) e o Palácio de Las Aguas Corrientes (lindo!).

buenos aires

Leia mais: 40 horas em Buenos Aires, o que fazer

Por fim, para quem tiver um pouquinho mais de tempo e disposição, tem dois passeios para lugares próximos de Buenos Aires que são bem legais e pouca gente sabe sequer que existem. São eles: Campanápolis, uma cidade medieval a 30 km de distância e  Lobos, para quem quiser conhecer uma cidade pequena e de tradição rural lá pertinho.

E aí, se animou a planejar uma viagem para Buenos Aires?!

Ah, uma coisa que não posso deixar de pontuar aqui é que Buenos Aires é uma cidade acessível, por isso, não tem desculpa para não ir, pois ela está preparada e de braços abertos para receber todo mundo, tá?!

Boa viagem!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *