Negócios & Serviços

Companhias aéreas passam a cobrar pela bagagem de mão

Algumas companhias aéreas com operação no Brasil passaram a liberar de forma gratuita apenas a bolsa ou mochila que caibam debaixo do assento. Para usar o bagageiro da cabine do avião, tem preciso pagar.

cobrar pela bagagem

As empresas Norwegian e JetSmart determinaram que os seus clientes só podem embarcar com um item pessoal, como uma bolsa ou uma mochila, que caiba embaixo do assento e não pese mais do que 10kg.

Até então, era uma prática comum entre as companhias deixar que os passageiros viajassem com um item pessoal de até 3kg mais uma mala de mão entre 8kg e 10kg. Restringir o embarque a um item pessoal, no entanto, não chega a ser uma prática irregular devido a uma brecha na resolução n° 400 da Anac.

A norma estabelece que as companhias aéreas devem permitir o embarque de uma peça de até 10kg. Porém, a regra não especifica o volume da peça e nem onde ela dever alocada na cabine. Essa especificação fica a critério da cada companhia aérea.

Foi assim que a Norwegian e a JetSmart viram a possibilidade de restringir o embarque gratuito a uma peça de até 10kg que tenha um tamanho específico para caber no espaço embaixo do assento. Isso obriga seus clientes a pagarem para poder viajar com uma mala de mão que deva ser guardada no bagageiro.

Como a resolução da Anac não faz diferenciação entre companhias low cost ou não, a preocupação é que a prática da Norwegian e da JetSmart abra precedentes para que outras empresas aéreas cobrem pela bagagem de mão – aumentando ainda mais o valor final da viagem.

Veja como ficam os preços para viajar com mala de mão na Norwegian e na JetSmart:

Norwegian

A empresa, que voa entre Rio de Janeiro e Londres, passou a ter uma tarifa LowFare que não inclui mala de mão. Quem quiser viajar com uma deverá pagar entre US$ 5,50 e US$ 10. Já os itens pessoais devem ter no máximo 10kg, 38cm de altura, 30cm de largura e 20cm de profundidade. As demais tarifas, LowFare+, Flex, Premium e Premium Flex não exigem pagamento pela bagagem de mão. Veja o comunicado completo aqui.

JetSmart

Atualmente, a companhia voa para Santiago saindo de Salvador e Foz do Iguaçu, mas em março ela deve iniciar uma rota para a capital chilena saindo também de São Paulo. Além de cobrar entre R$ 90 e R$ 190 por mala de mão, a empresa especifica que o item pessoal gratuito deve caber embaixo do banco e ter no máximo 10kg, 45cm de altura, 35cm de largura e 25cm de profundidade. O informativo está nesse link.

A princípio, a taxa passou a ser imposta apenas pelas empresas low cost, porém, “se a moda pega”, ela pode se espalhar pelas demais empresas e até tornar a viagem um pouco mais cara.

Companhias aéreas que não cobram pela bagagem de mão (ainda…)

AZUL

A empresa informou por nota que não cobra por bagagens de mão. “Mas os clientes precisam se atentar às regras da companhia, que determinam que a mala ou mochila precisa ter 10 kg e até 55 cm de altura. Já o artigo pessoal, que também é gratuito, precisa ser colocado no assento à frente, tendo dimensões máximas de 45 cm de altura e 35 cm de largura.”

LATAM

A empresa informou por nota que não cobra por bagagens de mão. “Mas os clientes precisam se atentar às regras da companhia, que determinam que a mala ou mochila precisa ter 10 kg e até 55 cm de altura. Já o artigo pessoal, que também é gratuito, precisa ser colocado no assento à frente, tendo dimensões máximas de 45 cm de altura e 35 cm de largura.”

GOL

A Gol informou que não cobra e não tem planos de cobrar pelo transporte de mala de bordo. “Em virtude disso, a companhia continuará oferecendo ao cliente o benefício de levar, gratuitamente, uma bagagem de mão, com o volume de até 10 kg”, afirmou por nota.

AMERICAN AIRLINES

A American Airlines companhia que tem voos internacionais determina tamanho e peso para bagagem de mão que vai a bordo e para a bagagem de porão que será despachada. Para os voos que saem do Brasil é permitido uma bagagem de mão com até 56x36x23 cm mais um item pessoal de até 45x35x20cm sem custo adicional.

AIR CANADÁ

A aérea permite uma mala de mão (55x23x40cm) e um item pessoal (33x16x43cm) a bordo gratuitamente. Além da franquia de bagagem também são permitidos casacos, bolsa pequena (não superior a 25x30x14cm), saco de fraldas, carrinho de bebê, assento para crianças.

EMIRATES

A Emiretes permite que o passageiro leve uma mala de até 7kg na cabine, no caso da classe econômica, gratuitamente. As dimensões da bagagem de mão não devem exceder 55x38x20 cm. Já na classe executiva e na primeira classe é permitido levar uma bagagem de mão nas mesmas condição, além de uma pasta ou porta terno de até 7kg.

AEROLINEAS ARGENTINAS

A Aerolineas Argentinas permite que você leve uma bagagem de mão de até 25x35x55cm mais um artigo pessoal de até 15x30x40 cm. A bagagem de mão, na classe Turista precisa ter até 8kg, já nas demais classes até 10kg. Já o artigo pessoal pode pesar até 3kg.

O Primeiro Shopping de Containers da Zona Sul Carioca

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *