Variedades & Tecnologia

Dicas para proteger os filhos quando viajam sozinhos

Deixar um filho viajar sozinho não é fácil, mas pode ser mais seguro e tranquilo do que você imagina. Veja como contar com o aplicativo de controle parental pode te ajudar!

Muitas vezes os pais não conseguem conciliar as folgas com as férias escolares das crianças, o que pode resultar nos pequenos viajando sozinhos e deixando os pais cheios de preocupação.

Até para os mais experientes, enviar o filho para viajar sozinho, para visitar um parente ou até no caso de pais separados que moram longe, envolve decisões e cuidados especiais, além de gerar muitas preocupações e noites mal dormidas. Saiba aqui como ficar tranquilo quando seu filho precisar viajar sozinho!

viajar sozinho

Como garantir uma viagem tranquila para os filhos que viajam sozinhos?

Hoje, as companhias aéreas investem muito para garantir o conforto das crianças a bordo e a garantia dos pais. Mas existem várias dicas para deixá-los protegidos em todas as etapas da viagem. Confira algumas!

1. Certifique-se que seu filho esteja munido de documentação

A criança, além de estar munindo os documentos necessários para viajar sozinha, no caso o RG para voo nacional e o passaporte para voo internacional, também deve estar portando informações de contato com os pais. Para a criança de até 12 anos viajar sozinha é necessário também providenciar uma autorização, obtida no Juizado de Menores e apresentada juntamente com cópia do documento de identidade do responsável requerente, RG da criança e comprovante de residência.

2. Instale um aplicativo de controle parental no celular de seu filho

Além de equipá-lo com um celular para sempre poder entrar em contato, instalar um aplicativo de controle parental pode tirar muitas preocupações na hora da viagem. O Find My Kids permite rastrear a localização de seu filho em tempo real, para saber onde ele está a todo momento, se já chegou ao seu destino etc. Ele também conta com funções S.O.S em que seu filho pode emitir facilmente um alerta quando estiver em perigo e você consiga escutar tudo o que está acontecendo ao redor dele.

O aplicativo para os pais possui recursos como monitoramento do próprio dispositivo, mensagens, ligações, fotos e navegação da internet e redes sociais. Lembre-se de equipar o celular do filho com um plano de internet suficiente para a estadia dele, para que você consiga sempre se comunicar com ele facilmente.

3. Tire todas as dúvidas antes da viagem

Antes de comprar as passagens de seu filho, sejam terrestres ou aéreas, entre em contato com a companhia escolhida e verifique todas as políticas sobre crianças viajando sozinhas. Algumas companhias aéreas, por exemplo, oferecem o serviço de acompanhamento exclusivo para todo o voo.

Outras oferecem um sistema para você rastrear as crianças durante o trajeto do voo deles, com uma pulseira equipada com código de barras, sendo avisado em tempo real quando ocorre o embarque / desembarque / conexão. Esse sistema é bastante útil para evitar o desaparecimento de crianças em viagens.

viajar sozinho

4. Ensine seu filho a identificar pessoas que possam ajudar

As crianças só poderão viajar sozinha a partir dos 5 anos, então nessa idade eles já devem ter uma certa autonomia e capacidade de comunicação para que consigam viajar sozinhos sem maiores preocupações. Uma boa tática é ensinar seu filho a identificar policiais ou funcionários da companhia aérea para que reportem a eles caso algo aconteça ou quando estiverem com medo.

5. Envie brinquedos ou distrações durante a viagem

É importante enviar junto com a criança brinquedos ou objetos para que possam se distrair, como livros ou jogos eletrônicos, para que a criança fique relaxada durante todo o tempo da viagem.

Com essas dicas, você se sentirá mais tranquilo e seu filho estará mais protegido ao viajar sozinho. Aposte no uso da tecnologia para proteção da criança e deixe seu pequeno crescer!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *