Negócios & Serviços

Taxa extra para reserva de assento em avião, quem cobra?

Pagar pela escolha de assento em avião já ocorre em companhias internacionais, aqui no Brasil a primeira a fazer isso foi a Gol, seguida pela Azul, e, a partir desse mês, da Latam. A única aérea que ainda não cobra pela escolha de assentos em nenhuma circunstância é a Avianca.

assento em avião

A Gol e a Azul, tratam o assunto como uma opção personalizada, já que oferecem a gratuidade da escolha alguns dias antes da viagem. Já a Latam, a última empresa a anunciar a cobrança em trechos nacionais, não terá essa opção: para não ter o assento escolhido aleatoriamente pelo sistema, será necessário desembolsar de R$ 15 a R$ 25. A empresa afirma que, em caso de conexão, o cliente não terá de pagar mais de uma vez, como ocorre na Gol e na Azul. Vale dizer que as taxas são cobradas, em todaa as empresas, nas categorias mais baratas de passagem.

assento em avião

A GOL permite ao passageiro a escolha dos assentos sem cobrança extra a partir de 7 dias antes da data viagem. Para quem quiser reservar o lugar com uma antecedência maior do que isso, cobra taxa extra nas categorias Promo (R$ 20) e Light (R$ 10) – também as mais baratas. Nas categorias Plus e Max não é cobrada a taxa extra em nenhum momento. Em casos de conexão, caso o passageiro escolha pagar para escolher o assento, a cobrança será feita por voo. Ou seja: para cada trecho há uma cobrança.

A única forma de garantir que as crianças/adolescentes, idosos e pessoas com necessidades especiais viagem ao lado dos responsáveis ou parentes sem pagar taxa extra pela marcação do assento é usar a opção de marcação gratuita 7 dias antes da viagem. Sim, pode ser que não existam mais vagas.

assento em avião

A AZUL permite ao passageiro a escolha dos assentos sem cobrança extra a partir de 3 dias antes da data viagem. Para quem quiser reservar o lugar com mais antecedência, a aérea cobra taxa extra na categoria Tudo Azul (a mais barata). A categoria MaisAzul e clientes TudoAzul Diamante e TudoAzul Safira estão isentos da taxa extra.

Quanto custa: a partir de R$ 10 na tarifa Azul.

A única forma de garantir que as crianças/adolescentes, idosos e pessoas com necessidades especiais viagem ao lado dos responsáveis ou parentes sem pagar taxa extra pela marcação do assento é usar a opção de marcação gratuita 3 dias antes da viagem. Sim, pode ser que não existam mais vagas. E em casos de conexão, caso o passageiro pague para escolher o assento, a cobrança será feita por voo. Ou seja: para cada trecho há uma cobrança.

assento em avião

Já a LATAM, começa a cobrar a partir do dia 16 de agosto – quem comprar passagens antes desta data não pagará pela escolha do assento.

A Latam irá cobrar de todos os passageiros que comprarem passagens nacionais das categorias Promo (R$ 25) e Light (R$ 15 ) – as mais baratas, que terão de pagar para marcar seus lugares se não quiserem que a escolha seja feita automaticamente pelo sistema da empresa. Não pagarão a mais os passageiros com bilhetes comprados nas tarifas Top e Plus e os clientes Latam Fidelidade das categorias Black Signature, Black e Platinum.

Segundo a empresa, as passagens compradas na mesma reserva serão colocadas em assentos juntos. E em caso de conexão, caso o passageiro escolha pagar para escolher o assento, a taxa valerá até o destino final. Ou seja, será cobrada apenas uma vez a taxa de marcação.

assento em avião

A AVIANCA é a única companhia aérea brasileira que ainda não cobra pela marcação de assentos. Há apenas a cobrança por assentos especiais, como já era feito antes das novas regras da Anac – aqueles localizados nas primeiras fileiras e saídas de emergência, por terem mais espaço para as pernas.

Depois da cobrança pelo despacho de bagagens, agora as taxas extras para marcação de assentos. E quando as passagens ficarão mais baratas?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *