Variedades & Tecnologia

TURISMO ANIMAL

O amor incondicional pelos animais os faz cada vez mais presentes na vida das pessoas. Quem tem um pet e o considera como membro da família sabe que todos os momentos se tornam inesquecíveis ao lado dessas criaturinhas. Inclusive as viagens!!

PT 56 (266)

Então, se você é daqueles que vai viajar e nem pensa na possibilidade de deixar o seu mascote, com certeza surgem dúvidas: Onde ir? Onde se hospedar? Quais atividades são indicadas para o seu animal? Qual o perfil do seu amigão? Como transportá-lo?

Calma! O primeiro passo é verificar o estado de saúde do pet e colocar em ordem a carteira de vacinação dele. Se estiver tudo OK e, de preferência, com o aval do veterinário de sua confiança, siga para a escolha do destino.

Tenha o cuidado de conhecer o perfil do seu animalzinho de estimação e escolher um destino cuja programação seja adequada a ele. Não o tire de casa para deixa-lo sozinho e preso num quarto de hotel.

logo_novo_t4 pq

E, por falar em hotel, vamos ao passo segunte: a reserva da hospedagem. No site www.turismo4patas.com.br você encontra uma ferramenta de busca que te dá acesso a diversas opções de hsopedagem pet friendly em todo o Brasil. Confirme se o seu animal é bem-vindo e respeite as normas estabelecidas para a aceitação do pet. Mantenha a limpeza dos locais e seja responsável.

Se o trajeto for percorrido de carro atente às normas de segurança para o transporte do animal. Caixas de transporte, grades ou cintos de segurança para pets devem ser adotados, pois, além do risco de acidentes, deixá-lo solto é considerado infração pelo Código de Trânsito Brasileiro. Programe paradas para que ele possa fazer as suas necessidades e mantenha-o sempre hidratado. Agora, se a viagem for de avião, verifique as normas e tarifas específicas da Cia Aérea escolhida. Destinos internacionais exigem o Certificado Veterinário Internacional (CVI) e, em alguns casos, período de quarentena. Outras exigências podem surgir de acordo com o país a ser visitado.

Ah, não se esqueça da bagagem do pet com os pertences preferidos, como cama, comedouros e brinquedos. E, claro, a ração, em quantidade suficiente.

Chegando lá, mantenha a rotina de alimentação e necessidades do seu animal e siga as normas de boa convivência. Desta forma, você e o seu pet serão sempre bem-vindos e vão se divertir muito juntos.

FDS Ecão 14 (6)

Esse foi só o nosso primeiro post, para dar uma amostra do que virá por ai. Nos próximos textos, falaremos com mais detalhe sobre cada uma das etapas de planejamento de organização de uma viagem com pets. E, claro, traremos para vocês muitas opções de destinos e estabelecimentos bons “pra cachorro”… e para gatos, passarinhos…

Larissa Rios

Larissa Rios, fundadora da empresa e portal Turismo 4 Patas, é Turismóloga, especialista em Hospitalidade animal e roteiros de viagem e eventos pet friendly.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *