Variedades & Tecnologia

Candidatos a presidência não debatem sobre o turismo

A corrida presidencial roubou nossa atenção nas últimas semanas. Intrigas, ataques pessoais, e nada de propostas concretas durante os debates e campanhas em geral. Para as propostas de governo pouco se falou sobre a importância do turismo para a economia brasileira. Logo o turismo que é um dos setores da economia nacional mais promissores, tanto pela extensão de sua cadeia produtiva, quanto pelo efeito multiplicador que desencadeia, configurando, assim, importantes oportunidades de mercado, e alternativa de desenvolvimento econômico.

Perguntamos aos candidatos Dilma Rousseff e Aécio Neves temas relacionados ao turismo, mas suas campanhas de discursos repetitivos, ataques e contra-ataques não lhes deram tempo suficiente para avaliarem o assunto. Nossos colunistas produziram uma série de questionamentos que enviamos às assessorias dos dois candidatos, as mesmas, muito políticas, nos cozinharam em banho Maria, e ao final do prazo estabelecido simplesmente ignoraram e deixarão os quase 2 milhões de leitores do Portal Embarque na Viagem sem saberem o que pensam Dilma Rousseff e Aécio Neves sobre o turismo brasileiro para os próximos anos.

Aécio e Dilma

Excluímos dessa matéria as perguntas técnicas que enviamos aos candidatos e abaixo selecionamos algumas perguntas

Qual a política que será desenvolvida para agilizar a malha aérea nacional e a descentralização de regiões das empresas? Como as soluções podem impactar para realmente termos um turismo doméstico competitivo?

Dilma Rousseff e Aécio Neves não responderam.

Diversos países têm planos audaciosos para o legado turístico dos grandes eventos esportivos como a Copa do Mundo e as Olimpíadas. Barcelona, Sidney e Londres são bons exemplos dos resultados. Caso seja reeleita/eleito o que fará para recuperar a falta de promoção turística internacional e quais seus planos para atrair turistas internacionais para o Brasil nos próximos anos?

Dilma Rousseff e Aécio Neves não responderam.

Com a ascensão da classe D e C e o interesse crescente do brasileiro pelo turismo, qual o projeto para incentivar o turismo interno no país, trazendo, inclusive, turistas estrangeiros?

Dilma Rousseff e Aécio Neves não responderam.

Assuntos como violência e falta de segurança também atrapalham o turismo no Brasil, e as recentes manifestações também deixaram muitos turistas assustados, vimos policiais despreparados, em certos momentos omissos e em outros agindo com extrema violência, como os candidatos pretendem resolver os problemas dos abusos policiais e evitar a criminalização dos movimento sociais, que são atores importantes dentro de um sistema democrático?

Dilma Rousseff e Aécio Neves não responderam.

Hoje o Brasil tem um escritório de divulgação internacional que é a EMBRATUR e um Ministério do Turismo para o fomento do turismo interno, mas os dois não trabalham em consonância. Não seria mais eficiente e menos dispendioso unificar e apenas um cuidar da divulgação do Brasil para todo o mundo? O que vocês acham sobre esse tema?

Dilma Rousseff e Aécio Neves não responderam.

Torcemos por políticas de turismo que possam incentivar as artes, manifestações sociais, artesanais, gastronômicas e folclóricas de uma população. O turismo precisa ser revisto, principalmente no que tange a conservação ambiental e valorização das manifestações sociais locais. Reiteramos nosso total apoio ao Ministério do Turismo, independente dos vínculos partidários ou qualquer pessoa a frente dessa pasta, nosso compromisso é com o fomento do turismo brasileiro, apoiando, incentivando e divulgando todas as boas ações que o Ministério do Turismo apresentar e ajudando nessa árdua tarefa de fazer o brasileiro visitar e conhecer o seu próprio país, sua cultura e seus sabores.

Equipe Embarque na Viagem

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *