Negócios & Serviços

Aulas de campo levarão turistas aprendizes a conhecerem melhor o Rio

Iniciadas as oficinas do projeto Turista Aprendiz nas Bibliotecas Parque Estadual (Centro) e do Complexo do Alemão, também começam as aulas de campo que levarão os alunos a participarem de passeios pela cidade do Rio de Janeiro e de três viagens a cidades históricas do estado. E a primeira aula de campo será neste sábado (dia 16/8) de manhã, quando os alunos de ambas as turmas farão um passeio de saveiro pela Baía de Guanabara. Eles conhecerão O Rio de Janeiro dos grandes navegadores e a formação da cidade para depois serem estimulados pelos professores a escreverem sobre o que observarem.

Projeto Turista AprendizDepois do primeiro passeio, cada oficina irá conhecer equipamentos culturais da cidade como a Casa Daros e o Museu Histórico Nacional: os alunos do Complexo do Alemão irão no dia 28 e, no dia seguinte, será a vez dos da Biblioteca Parque Estadual. Eles também conhecerão manifestações culturais locais como o projeto Ocupa Nise, no Hospital Psiquiátrico Nise da Silveira, no Engenho de Dentro, no início de setembro. Haverá ainda visitas a Santa Teresa, à Lapa, Urca, Aterro, Pão de Açúcar e Praia Vermelha e também visitas à UNIRio e à Uerj. Por fim, cada oficina escolherá um roteiro, e participará de uma roda de conversa com os poetas Antonio Cicero e Alex Varella, no Oi Futuro (Alemão), e o cordelista Gonçalo, na Academia de Cordel, em Santa Teresa.

A primeira viagem será realizada nos dias 20 e 21 de setembro, com uma turma seguindo para Penedo e outra para Paraty. As outras cidades a serem visitadas são Conservatória e Quissamã, nos dias 11 e 12 de outubro, e Petrópolis e São Pedro da Serra, em 8 e 9 de novembro. Diferentemente do que ocorreu no primeiro semestre, desta vez os alunos é que farão a escolha para decidir para onde cada turma irá em cada viagem. “Incluímos viagens à Conservatória, onde visitaremos o Quilombo São José, bem como à São Pedro da Serra, por meio de parceria com o Ponto de Cultura local. Nas aulas na cidade do Rio, teremos um roteiro à escolha dos alunos, incentivando a pesquisa e a colaboração da turma no desenho do curso”,  relata Maria Pereira, coordenadora do projeto.

Os dez alunos selecionados das turmas do primeiro semestre para o módulo 2, que consiste numa viagem às regiões Norte, Nordeste e Centro-Oeste do país em janeiro de 2015, não ficarão parados neste segundo semestre, de acordo com a coordenadora do projeto: “Estão previstos encontros das novas turmas com os alunos da Rocinha e Manguinhos selecionados para o segundo módulo do curso, de maneira a estimular a continuidade da formação e a troca entre jovens de diferentes comunidades.

Programação das aulas de campo e das viagens:

16/8 – De saveiro pela Baía de Guanabara: a atmosfera dos viajantes das grandes navegações – Centro e Alemão
28/8 – Equipamentos e espaços culturais (Casa Daros e o Museu Histórico Nacional) – Alemão
29/8 – Equipamentos e espaços culturais (Casa Daros e o Museu Histórico Nacional) – Centro
4/9 – Manifestações culturais locais (Ocupa Nise) – Alemão
5/9 – Manifestações culturais locais (Ocupa Nise) – Centro
20 e 21/9 – viagem a Paraty e Penedo – a escolha do local onde cada turma irá será feita pelos alunos
25/9 – Museu da Light – Alemão
26/9 – O Rio dos Turistas (Centro irá a Urca, Aterro, Pão de Açúcar e Praia Vermelha) – Centro
2/10 – O Rio dos Turistas (Santa Teresa e Lapa) – Alemão
3/10 – Museu da Light – Centro
11 e 12/10 – viagem a Conservatória e Quissamã – a escolha do local onde cada turma irá será feita pelos alunos
23/10 – As universidades e universitários (Uerj) – Alemão
24/10 – As universidades e universitários (UNIRio) – Centro
30/10 – Roteiro à escolha da turma – Alemão
31/10 – Roteiro à escolha da turma – Centro
8 e 9/11 – viagem a Petrópolis e São Pedro da Serra – a escolha do local onde cada turma irá será feita pelos alunos
18/11 – Roda de conversa com escritores (os poetas Antonio Cicero e Alex Varella, no Oi Futuro) – Alemão
19/11 – Roda de conversa com escritores (o cordelista Gonçalo, na Academia de Cordel, em Santa Teresa) – Centro

O projeto

No fim do primeiro módulo de cada oficina será lançada uma revista com textos e imagens produzidos pelos alunos e realizado um sarau nas Bibliotecas. O projeto, que vai até março de 2015, lança também um livro com textos dos alunos selecionados para a viagem pelo Brasil – atividade que é parte do segundo módulo do curso. As leituras consistem predominantemente em crônicas, contos, etnografias/diários de campo e poesias que dialoguem com o universo do jovem e das regiões e culturas percorridas no projeto. A criação ocorre durante e após os deslocamentos e foca nos gêneros estudados.

O projeto, que foi inspirado na obra de Mário de Andrade (O Turista Aprendiz, 1927), integra o Programa FAVELA CRIATIVA (www.favelacriativa.rj.gov.br). Resultado da parceria entre o poder público e a iniciativa privada, o FAVELA CRIATIVA é formado por um conjunto de projetos que oferece a jovens agentes culturais formação artística e especialização em gestão cultural e estabelece canais de diálogo entre estes jovens, possíveis parceiros e patrocinadores potenciais. Entre eles está o Turista Aprendiz, que propõe formar novos leitores e escritores conscientes do mundo que os cerca e abertos para o convívio com diferentes culturas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *