Negócios & Serviços

Chega de hipocrisia no turismo, o mundo mudou!

A Schultz Operadora participará da 41ª ABAV – Feira de Turismo das Américas em São Paulo, realizada pela Associação Brasileira de Agências de Viagens – ABAV entre os dias 4 e 8 de setembro, no Centro de Exposições Anhembi.

Esse ano a Operadora terá em seu estande uma moto Harley-Davidson Softail Deluxe, na qual os visitantes poderão sentar e tirar fotos vestindo uma jaqueta customizada e uma bandana especial, o local terá um painel localizado atrás da moto contendo uma imagem da Rota 66, que dará a impressão de que o visitante foi fotografado guiando uma Harley-Davidson pela mítica rota, localizada nos Estados Unido. Além do espaço da Operadora na Feira das Américas, seu presidente, Aroldo Schultz, ministrará uma palestra durante o evento, com duração de até 50 minutos, incluindo tempo para perguntas e debates.

A palestra “Chega de hipocrisia no turismo, o mundo mudou!” será apresentada no dia 4 às 16h, na sala 9 da Vila do Saber, na qual Aroldo comentará sobre a evolução do setor e as diferenças do perfil de cada categoria na cadeia do turismo. Segundo Aroldo, sua intenção é diminuir a hipocrisia que cerca o setor e ajudar no seu fortalecimento. “Antes existiam operadoras puras, que operavam e não vendiam ao consumidor, bem como agências puras, que só vendiam pacotes criados por operadoras. Hoje, isso é raro.”

Ainda de acordo com o presidente, o trade turístico precisa da união das entidades, para se fortalecer, incluindo operadoras e agências de viagem. “Depois das passeatas que tivemos, o Brasil acordou e eu também; vivo do turismo e da força das agências de viagem e me sinto na obrigação de discutir este tema.”

Aroldo Schultz será palestrante na 41.ª ABAV

Aroldo Schultz será palestrante na 41.ª ABAV

Schultz Operadora não é consolidadora

Há rumores no mercado, de pessoas que vêm questionando a Schultz Operadora, que a empresa é consolidadora, devido à notícia de seu crescimento de 300% no aéreo (que, em números oficiais da IATA, até abril foi de 375%). O presidente do Grupo, Aroldo Schultz, responde aos comentários: “a Operadora esclarece aos fofoqueiros de plantão que a Schultz não é consolidadora. O movimento grande de aéreo deve-se ao investimento em pessoas no setor. Antes não prestávamos serviço da parte aérea, hoje nossa equipe a oferece a cada cotação de terrestre. Para o próximo ano, este setor crescerá ainda mais na Schultz, pois será 100% automatizado, isto é, não terá pacote no site sem a opção da parte aérea”.

A Schultz Operadora afirma que não vende, diretamente no seu IATA, a parte aérea sem a terrestre, também não vende diretamente para o cliente final, trabalhando exclusivamente com agências de viagem cadastradas. “Quando precisamos vender somente a parte aérea, para uma agência cliente, contamos com a colaboração da nossa consolidadora parceira CNT – Central de Negócios Turísticos”, enfatiza Aroldo.

1 Comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *