Variedades & Tecnologia

GO MUSIC Festival, uma overdose de música boa

Por Daniella Barbosa

Palco-IndieNem só de sertanejo vive Goiânia e os amantes do outros gêneros musicais agradecem! Se por um lado a cidade é conhecida como capital da música sertaneja, por outro também é vitrine para muitas bandas que fazem a diversão de quem não é tão fã assim das baladas sertanejas. Primeiro mito a ser quebrado quando se fala sobre Goiás, nem todo goiano gosta de música sertaneja, sou a prova viva disso.

Como grande apreciadora de pop rock não pude deixar de conferir de perto mais uma edição do aclamado Go Music Festival. O festival ficou sete anos sem acontecer em Goiânia e para alegria geral dos roqueiros de plantão, em 2013, o evento retornou a capital e reuniu talentos da música nacional e regional.

Trabalhando-pro-EmbarqueAlém das bandas renomadas que atraíram o público para o festival, o Go Music abriu espaço para os artistas locais divulgarem seu trabalho em shows no Palco Mostro Go Indie. Na edição 2013 do evento, mais de 20 shows aconteceram no Palco Indie, dentre eles o da banda Justo!, Tape 90 e da cantora Cejane Verdejo. Apesar de a iniciativa ser muito válida, a crítica é que as bandas goianas foram escaladas para tocarem em horários de pouco movimento no festival e faltou informação sobre os horários, o que impediu que o público se organizasse para conferir tudo que gostaria de ver.

[easyrotator]erf_96_1376355724/erc_77_1376355761[/easyrotator]

A primeira noite do Go Music foi agitada pelo som do Cidade Negra, Detonautas, Mutambo, Raimundos, Pato Banton e pelo metal do Sepultura. Já o segundo dia foi embalado pelos shows do Skank, Jota Quest, Marcelo D2, Biquini Cavadão e A Banca. A palavra de ordem nessa segunda noite do GO Music foi “sensacional”! O Biquini Cavadão, por exemplo, subiu ao palco às 5 horas da manhã e a animação do público era de fazer brilhar os olhos de qualquer artista. Deixamos o local na manhã de domingo quando o sol já estava brilhando forte do céu do cerrado, estávamos exaustos, mas com a certeza que a overdose de música boa vai perdurar na memória, apesar das falhas na organização do evento como vários atrasos, como a falta de comunicação sobre a agenda do evento, preços abusivos e injustificáveis de bebidas e comidas.

[embedplusvideo height=”382″ width=”630″ editlink=”https://bit.ly/145amhJ” standard=”https://www.youtube.com/v/jOX90yYByZ4?fs=1″ vars=”ytid=jOX90yYByZ4&width=630&height=382&start=&stop=&rs=w&hd=0&autoplay=0&react=1&chapters=&notes=” id=”ep5932″ /]

 

[embedplusvideo height=”382″ width=”630″ editlink=”https://bit.ly/145aDBe” standard=”https://www.youtube.com/v/8UpOUE9Ob8Q?fs=1″ vars=”ytid=8UpOUE9Ob8Q&width=630&height=382&start=&stop=&rs=w&hd=0&autoplay=0&react=1&chapters=&notes=” id=”ep6977″ /]

O que vem por aí

Durante o Go Music Festival, a galera do Festival Craques da Paz aproveitou para engajar os artistas na campanha “ Eu escolho a PAZ”. O Festival Craques da Paz  – www.festivalcraquesdapaz.org – acontece de 18 a 22 de setembro, em Goiânia, no Centro Cultural Oscar Niemeyer.

EU Escolho PAZ

EU Escolho PAZ

De 1 a 5 de outubro de 2013, acontece em Goiânia a 19ª edição do Noise Festival, considerado hoje um dos maiores e principais festivais de música independente do Brasil.

A música sertaneja merece respeito e de fato tem fortes raízes pelas bandas de cá, mas que tal conhecer Goiânia por outra perspectiva musical? Goiânia rock city espera você de braços e ouvidos bem abertos!

5 Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *