Cultura & Entretenimento

Virada impressionista de réveillon no CCBB Rio

Virada impressionistaO Rio de Janeiro recebe até o dia 13 de janeiro a exposição “Impressionismo: Paris e a modernidade”, maior projeto da história do Centro Cultural Banco do Brasil e um acontecimento sem precedentes na história cultural brasileira. Em apenas um mês, mais de 253 mil pessoas visitaram a mostra no CCBB Rio, que oferece ao público uma oportunidade única de entrar em contato com 85 obras-primas do acervo do Museu d’Orsay, em Paris, um dos mais visitados do mundo.

Para receber os turistas que vêm ao Rio para o réveillon, a instituição ficará aberta por 36 horas seguidas no final de semana dos dias 29 e 30 de dezembro. Durante o evento, atores fantasiados de personagens dos quadros circulam pelo saguão do prédio para conversar e tirar fotos com o público. O menino da obra “O tocador de pífano”, de Manet, é representado por um músico que executa o instrumento enquanto caminha próximo à cenografia da rotunda. A cafeteria do CCBB e a Livraria da Travessa permanecem abertas durante toda a madrugada.

Inaugurada em 22 de outubro, a exposição “Impressionismo: Paris e a modernidade” ocupa integralmente o primeiro andar da instituição, apresentando um panorama detalhado da pintura impressionista e pós-impressionista. O segundo andar, por sua vez, dá espaço à cronologia do movimento, consulta bibliográfica e às atividades do CCBB Educativo. A rotunda do prédio abriga uma cenografia especial, criada pela brasileira Virgínia Fienga, arquiteta responsável pelo novo projeto do Museu d´Orsay.

Capital moderna por excelência, Paris atraiu os maiores artistas do século XIX, que pintaram sua paisagem e seu cotidiano sob diferentes perspectivas, atraídos ou repelidos por seu magnetismo. A cidade mo­tivou a expressão artística de Claude Monet, Vincent Van Gogh, Jules Lefebvre, Edouard Manet, Paul Gauguin, Pierre-Auguste Renoir e Toulouse-Lautrec, entre outros. A exposição reúne trabalhos desses pintores.

A mostra tem curadoria de Caroline Mathieu, conservadora-chefe do Museu d’Orsay, Guy Cogeval, presidente do Mu­seu d’Orsay, e Pablo Jiménez Burillo, diretor geral do Instituto de Cultu­ra da Fundación MAPFRE, trazendo ao Brasil um conjunto inédito de obras emblemáticas do impressionismo que dará ao público a possibilidade de entender e conhecer melhor um dos mais importantes movimentos artísticos do século XIX. Organizada com obras do Museu d’Orsay, conta com a colaboração científica da própria instituição e da Fun­dación MAPFRE.

CCBB RJ
Impressionismo: Paris e a Modernidade,
Obras-Primas do Acervo do Museu d’Orsay de Paris, França
Visitação: até 13 de janeiro de 2013
Centro Cultural Banco do Brasil Rio de Janeiro
Rua Primeiro de Março, 66 – Centro – Rio de Janeiro – RJ
Terça-feira a Domingo, de 9h as 21h
Informações: (21) 3808-2020

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *