Variedades & Tecnologia

Aéreas se comprometem com Natal sem overbooking

O governo lança a partir do próximo dia 16 um plano de contingência para evitar um caos aéreo neste Natal e fim de ano. Só em dezembro são esperados 16 milhões de passageiros, 13,6% a mais que em igual período do ano passado.

Entre as ações anunciadas está o compromisso firmado com as empresas aéreas de não praticarem overbooking (quando a companhia vende mais assentos do que o número de lugares disponíveis no avião).

As companhias acertaram ainda reduzir o tempo de espera do check-in e de devolução das bagagens. Para isso, vão aumentar as equipes de atendimento, ocupar todas as posições de check-in nos horários de pico, incentivar o check-in pela internet e praticar o endosso de passagens.

Mais aviões no ar

Outra iniciativa, que já começou a operar em 20 de outubro, é a redução da distância entre os aviões para colocar mais aeronaves no ar. O espaço foi encurtado de 10 milhas para 5 milhas, elevando em 47% a capacidade do transporte aéreo do Brasil.

Segundo Gustavo Vale, presidente da Infraero, essa distância garante a segurança das aeronaves e no exterior há aeroportos que admitem distância de apenas 2,5 milhas.

Também haverá reforço na fiscalização e mais técnicos aptos a prestarem informações aos passageiros. Serão mobilizados cerca de 240 servidores para os aeroportos de maior fluxo, como o de São Paulo, Rio e Brasília.

Ampliação de aeroportos

O governo conta ainda com seis novos terminais (São Paulo, Campinas, Vitória, Goiânia, Cuiabá e Porto Alegre) para evitar atrasos e excesso de filas. O do aeroporto de Porto Alegre será inaugurado no dia 20.

Nesse dia seria aberta a ampliação em Guarulhos (São Paulo), mas a estrutura do novo terminal, que aumenta a capacidade em 5,5 milhões de passageiros por ano, desabou na sexta-feira, e uma nova data deve ser definida, o que pode atrapalhar o plano de ação do governo.

A Infraero vai ainda comprar mais veículos, carrinhos de bagagem, aparelhos de raio X, além de instalar máquinas de lanches em 12 aeroportos.

Lançada cartilha para orientar passageiros

O material faz parte do plano para evitar um caos aéreo no fim do ano.

A cartilha contém perguntas e respostas para passageiros, com informações necessárias desde o pré-embarque até o desembarque.

Por ela, por exemplo, o passageiro terá dicas sobre como agir em casos de atraso ou cancelamento dos voos.

Os órgãos do setor e as companhias aéreas que acompanharam a elaboração da cartilha deverão distribuir o material aos passageiros.

As empresas também terão que oferecer links em seus sites para que os usuários tenham uma versão eletrônica do material.

Bagagem de mão

A portaria definiu também que a revista de passageiros na área de raios X deve ser feita por um agente da Infraero, sob a supervisão da Polícia Federal.

O que é permitido:- Saca-rolhas; -Canetas; -Lápis; -Isqueiros com gás ou fluido com menos de 8 cm; – Guarda-chuvas; -Raquetes de tênis; Proibido: -Tesouras com lâminas acima de 6 cm; -Isqueiros do tipo maçarico; -Armas de fogo de brinquedo.

 

Fonte: Agência Brasil

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *