Dicas & Destinos

Biblioteca Nacional do Rio de Janeiro inaugura exposição de pintor italiano

A Cidade Maravilhosa ganhou mais uma belíssima opção para os turistas: a Biblioteca Nacional deu início a exposição “Giorgio Vasari e a invenção do artista moderno” em comemoração aos 500 anos do nascimento do pintor e arquiteto italiano, nascido em 1511, reconhecido mundialmente como o primeiro historiador da arte. A mostra faz parte do calendário de atividades do Momento Itália no Brasil.

Segundo o presidente da Fundação Biblioteca Nacional, Galeno Amorim, a riqueza e a importância de Giorgio Vasari para as artes, no mundo, são inquestionáveis e por isso a exposição é um motivo de orgulho para os brasileiros. “A influência, o conhecimento e o talento desse artista só reforçam a qualidade do acervo da Biblioteca Nacional. Ela empresta obras raras que só os maiores museus do mundo possuem”, afirmou Amorim.

A exposição vai contar com três edições de “Vidas dos mais excelentes pintores, escultores e arquitetos” – livro fundador da historiografia artística, lançado originalmente em 1550 por Vasari. Ao todo, 110 peças do acervo da Biblioteca serão expostas levando a história do Renascimento italiano para o coração do Rio de Janeiro. Elas representam o trabalho do artista responsável pela consolidação de uma nova posição e consideração social dos artistas no século XV. Também serão expostas reproduções de gravuras como Laocoonte, de Pierre Perret e do desenho Três Graças, de Orazio Samacchini, serão expostas.

Serviço:
Giorgio Vasari e a Invenção do artista moderno
De 21 de outubro até 11 de dezembro, no Espaço Cultural Eliseu Visconti
Endereço: Rua México, s/n – Centro – Rio de Janeiro (acesso pelo jardim da Biblioteca Nacional)
Horário e dias: De terça a sexta, das 10h às 18h/ Sábados, das 10h Às 17h/ Domingos, das 12h às 17h
Entrada franca

Fonte: DT

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *