Dicas & Destinos

Que nome você daria para esse lugar?

Por: Daniella Barbosa

No meio do caminho tinha uma lagoa cristalina, tinha uma lagoa cristalina no meio do caminho. Brincando com os versos do Drummond (com sua licença caro poeta) acho que a vida seria bem mais divertida se no meio do caminho encontrássemos menos pedras e mais lugares assim.

my little paradise
E aí, curtiram a foto? Lugarzinho bem mais ou menos…só que não heim! Costumo pretensiosamente chamar esse lugar de “my little paradise” ou seja, meu pequeno paraíso. Meu paraíso e de quem mais conseguir encontrá-lo. Alguém tem um palpite onde fica esse lugar?

belezas naturais de Goiás
Pela tonalidade da água poderia ser algum recanto paradisíaco no Caribe, na Austrália ou na Croácia, mas fica literalmente aqui no coração do Brasil. Sou suspeita para falar das belezas naturais de Goiás, afinal, sou dessas bandas de cá, mas acho que a imagem por si só já ilustra o quanto esse nosso Brasil tem lugares incríveis e que muitas vezes estão próximos de nós e simplesmente desconhecemos.

meu pequeno paraíso

Há poucas semanas, conversando com um amigo que se mudou pra Boa Vista, me surpreendi ao vê-lo falar com tanto entusiasmo sobre a beleza da região. Todo lugar tem algo de bom pra oferecer, nem que seja a simpatia de um morador ou os quitutes tradicionais da culinária local, só que muitos desses lugares se quer passam pela nossa mente quando pensamos na próxima viagem. Seja sincero, quem aqui já pensou em viajar para Roraima nas próximas férias?! Aliás, caso esse seja o seu destino, fica a dica de um aplicativo muito bacana desenvolvido pela blogueira Roberta Martins, que explorou bem as redondezas. Trata-se de um app gratuito chamado Revista Monte Roraima (https://www.territorios.com.br/relato/bra/827/monte-roraima-interativo) traz fotos, relatos pessoais, dicas, lendas, história e mapa interativo da região.

belezas naturais - Goiás

Voltemos ao “my little paradise”! Aliás, se você pudesse batizá-lo, que nome escolheria?

Onde fica? Perdido em algum lugar no meio do Cerrado, nos arredores do município de Cocalzinho de Goiás, cerca de 40 minutos da cidade histórica de Pirenópolis. Como chegar? Sinceramente não sei te explicar, fui parar nesse lugar bem ao acaso, com amigos aventureiros amantes da prática da escalada. O acesso não é dos mais complicados e a lagoa fica a poucos metros de uma estrada de chão.

lugares incríveis

Não há nada melhor do que se surpreender com lugares assim no meio do caminho. Minha dica é, vá lá e descubra por si só a magia desse paraíso sem nome. Pegue o mapa, pesquise na internet, converse com os moradores locais e com certeza você achara o caminho!

2 Comentários

  1. 13 de fevereiro de 2014 ás 17:56 Responder

    Realmente as pessoas se surpreendem com as belezas desses lugares que as vezes estão mais perto do que se imagina. Eu adoro fazer essas descobertas, inclusive andei explorando os arredores de Pirenópolis, mas não tive essa sorte. Quem sabe na próxima ida.

    Obrigada por indicar a revista, bjs

  2. 13 de fevereiro de 2014 ás 11:34 Responder

    Fotos espetaculares e texto envolvente.
    Parabens e sucesso!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *