Dicas & Destinos

Alfândega: Dicas para o viajante seguir tranquilamente

Por Naira Amorelli

É uma grande verdade afirmar que muitos viajantes ficam tensos ao ter que passar pela alfândega na entrada e saída de um país. Quem nunca ouviu histórias bizarras sobre pessoas que foram retidas em salinhas claustrofóbicas e tensas? Além disso também tem a preocupação com relação ao idioma e isso sem contar naqueles destinos que já são famosos pelos seus loucos critérios de avaliação. É, manter a calma nesses casos obviamente é necessário, mas existem alguns outros detalhes que podem te ajudar a reduzir um pouco a tensão.

Cumpra todas as exigências

A melhor forma de entrar em um país é estar 100% ciente que você está cumprindo todas as regras estabelecidas por “eles”. Tendo documentação, comprovantes e demais itens exigidos a mão e completos já marca pontos para você.

passaporte

Documentação correta e completa

Ter passaporte, comprovante de passagem de ida e volta, informações sobre tempo de permanência, endereço de onde ficará hospedado, comprovante de assistência médica internacional (se for exigido) devem estar com você na bagagem de mão. Caso os agentes fiquem com alguma dúvida, ficará mais rápido e fácil comprovar apresentando toda essa papelada qual é o motivo da sua viagem para aquele país.

Tenha em mente que a recepção nos aeroportos de cada país é diferente. Mas, para ficar longe dos problemas nas viagens de turismo, a negócios ou estudo em qualquer lugar do mundo você precisa acatar todas as obrigações com o governo local e diminuir as chances de precisar bater um papo (tenso) com a imigração.

Cuidados na bagagem de mão

Lembre-se que vários detalhes foram modificados ao longo do tempo. Desde o 11 de setembro a realidade dos aeroportos mudou drasticamente. Na mala de mão, frascos somente até 100 ml são permitidos e isso inclui produtos de higiene pessoal, cosméticos e perfumes que deverão obedecer esse padrão sempre. Você sabia que até os artigos comprados nos free shops têm chance de serem confiscados pela alfândega, caso ultrapassem a marca? Quem precisar transportar embalagens com medidas superiores à permitida, deverá fazê-lo nas malas a serem despachadas.

Raio-x

Os eletrônicos devem ser apresentados separadamente na esteira de raio-x: câmeras, laptops, celulares e outros aparelhos de uso pessoal precisam ser carregados na bagagem de mão. Quando chegar na esteira, é sugerido tirá-los da bolsa e colocar dentro do recipiente que passará pelo aparelho.

Jamais minta

Antes de entrar no país de destino, você irá responder a um questionário no avião. Por isso, preencha tudo o que for necessário e não tente esconder nada da imigração. Se você for interrogado por algum funcionário, vale a mesma regra.

Seja totalmente direto, transparente e responda somente o necessário. Agora o principal e que sempre pega um ou outro engraçadinho e o manda de volta pra casa antes mesmo de sair do aeroporto: evite brincadeiras e piadinhas. Lembre-se, esse não é um momento para fazer piadas e nem qualquer tipo de comentário além do que será perguntado. Responder apenas o essencial é a melhor forma de ser compreendido e evitar constrangimentos.

desespero

Responda apenas aquilo que realmente entender

Pode acontecer sim, é normal em alguns casos não compreender alguma pergunta feita pela imigração. Neste caso, não prossiga e mantenha a calma. Tente explicar que não entendeu e peça um  intérprete. A partir daí, só responda na presença dele.

Medicamentos controlados

Se você faz uso de medicamentos controlados tenha sempre com você uma declaração médica em inglês. Isso não é necessário para remédios de dor de cabeça, enjoo e gripe, mas também não exagere na quantidade.

Jamais se afaste de sua bagagem

Nunca é demais enfatizar que você deve manter sua bagagem sempre próxima, visível e lacrada e jamais deve permitir que alguém se aproxime dela. Afinal você não vai querer correr o risco de alguém colocar algo extra nela e te fazer uma baita surpresa (desagradável) ao passar as malas na esteira. Mantenha sua mochila ou bolsa sempre à frente, assim será possível vê-las durante todo o trajeto. E lembre-se: nada de deixar a bagagem aos cuidados de ninguém.

Com esses simples cuidados, a tensão de passar pela alfândega já poderá ser reduzida praticamente a zero. O máximo que vai rolar é aquele friozinho bom na barriga pela expectativa da super viagem que está apenas começando.

O Primeiro Shopping de Containers da Zona Sul Carioca

1 Comentário

  1. 15 de junho de 2016 ás 14:34 Responder
    Macirlandia Nascimento Leite

    Estou indo a Portugal Em dezembro de 2016,através de uma carta convite. É obrigatório o seguro viagem ou não?
    Grata

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *